Pelo segundo ano, Covid adia início de temporada do ‘Basquete Tatuí’

127
Federação estimava iniciar a atual temporada de basquete neste mês de março
Da redação

A Covid-19 é responsável por adiar, pelo segundo ano consecutivo, o início da temporada do XI de Agosto/AABT/Tatuí. Com a presença de todas as regiões administrativas na fase vermelha do Plano São Paulo contra a doença, as competições da FPB (Federação Paulista de Basketball) ainda não têm datas para serem iniciadas.

O calendário da federação estimava iniciar a atual temporada com a disputa da Copa São Paulo Adulta Masculina – 2021, neste mês de março. As agremiações tiveram até 26 de fevereiro para manifestar o interesse em participar do certame. O “Basquete Tatuí” está garantido na disputa.

Contudo, na quinta-feira, 11, o governador João Doria anunciou adoção de medidas mais restritivas para conter o avanço do novo coronavírus, com a “fase emergencial”, dentro da fase vermelha do Plano SP.

As mudanças valem para todo o estado, de segunda-feira, 15, até o dia 30, uma terça-feira. Desta forma, a competição só poderia ter início a partir de abril, visto que algumas equipes, incluindo o time tatuiano, ainda não retornaram aos treinamentos.

No ano passado, a pandemia provocou um “atraso” de seis meses na realização da edição 2020 da Copa São Paulo. Tatuí sediou o evento de apresentação do campeonato, na Associação Atlética XI de Agosto, dia 29 de fevereiro, e, 12 dias depois, a LSB/Flex/PMS inaugurou a competição, vencendo o Conti Cola/Assis Basket pelo placar de 91 a 79, em Sorocaba.

No dia seguinte à primeira partida e seguindo orientações da Fiba (Federação Internacional de Basquete), da ConsuBasquet (Confederação Sul-Americana de Basquetebol) e da CBB (Confederação Brasileira de Basketball), a FPB decidiu suspender os campeonatos realizados por ela, entre os dias 13 e 19 de março, em razão do novo coronavírus.

A suspensão, até então em caráter preventivo, assinada pelo presidente da FPB, Enyo Dauro Lepos Correia, impediu a estreia do Basquete Tatuí no certame, prevista para 19 de março, no ginásio do XI de Agosto, diante do Memorial/Fupes/Santos.

Durante o período de paralisação, apesar de não haver previsão para o retorno de atividades em grupo e das competições, os atletas da agremiação tatuiana realizaram treinamentos físicos nas respectivas residências para manterem a forma.

Posteriormente, o Basquete Tatuí retomou os treinamentos presenciais no dia 31 de agosto, inspirado na NBA (National Basketball Association, a liga norte-americana de basquete) e na Liga ACB (Asociación de Clubes de Baloncesto, a liga espanhola de basquete).

Para possibilitar o retorno aos treinos e jogos, a NBA isolou os atletas, as comissões técnicas e outros integrantes dentro de uma “bolha”, no Walt Disney World Resort, em Orlando, na Flórida (EUA), para preservar a integridade física deles, diante do novo coronavírus. Em Tatuí, a bolha foi adaptada ao Complexo Esportivo Municipal “Major Magalhães Padilha”.

A edição 2020 da Copa São Paulo acabou sendo disputada por apenas quatro equipes. Com uma vitória e uma derrota, o Basquete Tatuí acabou como vice-campeão da “final four” da competição.

O torneio, disputado no Ginásio Municipal de Esportes “Doutor Gualberto Moreira”, em Sorocaba, entre os dias 26 e 27 de setembro, marcou a retomada da modalidade no estado.O time tatuiano conquistou a vaga na decisão ao vencer o Conti-Cola/Assis Basket por 106 a 82.

Na decisão, o Basquete Tatuí ganhou o primeiro quarto por 24 a 20. No entanto, o Basket Osasco, há seis temporadas na elite estadual da modalidade, venceu os três quartos seguintes, por 27 a 15, 26 a 13 e 15 a 9, respectivamente, determinando o triunfo por 88 a 61 e alcançando o título da Copa São Paulo.

Ainda em 2020, o Basquete Tatuí, de forma invicta, levantou a taça do Campeonato Paulista Masculino da 1ª Divisão – 2020, dia 5 de dezembro.O título, conquistado no Ginásio Poliesportivo “Pedro Paulo Silva (Paulo Vagalume)”, do CIE (Centro de Iniciação ao Esporte) “José Edson Leal Leite (Éde)”, ainda garantiu o acesso ao Campeonato Estadual da Divisão Especial Série A-1 Masculino 2021 (ambos promovidos pela FPB).

Ainda sem data definida para estrear em 2021, a agremiação tatuiana segue atuando nos bastidores para a disputa da terceira temporada do time.

Com um título e um vice-campeonato no ano passado, segundo o treinador, Julio Malfi, os objetivos da temporada anterior foram “amplamente alcançados”, justificando uma “alta expectativa para a nova temporada”.