Notas policiais

1375
  • Anúncio de venda no Facebook acaba na prisão de dois homens

Dois homens foram presos por receptação, na sexta-feira, 2, em um lava-rápido da vila Angélica. Douglas Mariano Ferreira, 21, e José Eliomar Ferreira, 33, estariam anunciando, em rede social, a venda de duas carretilhas de pesca, que posteriormente foram reconhecidas como produto de furto.

A Polícia Militar recebeu a denúncia do gerente de uma loja de artigos de pesca, vítima de furto no início do mês de fevereiro, e apresentou a ocorrência à Delegacia Central.

De acordo com os militares, a vítima visualizou o anúncio, reconheceu os produtos da loja e entrou em contato com o anunciante. No local indicado pelo anúncio, o gerente foi recebido por José Eliomar, que informou que emprestara o perfil da rede social para que Douglas pudesse realizar a venda.

Questionado, Douglas confessou que havia adquirido as carretilhas de um terceiro, em troca de dívidas. Os objetos foram devolvidos à vítima e os acusados devem responder por receptação.


  • Procurado é preso após tentar tirar a 2ª via de documento

O pedreiro Marcos Pontes, 32, foi preso na tarde de sexta-feira, 2, enquanto tentava tirar a segunda via do RG (documento de identificação), no Poupatempo.

De acordo com a Guarda Civil Municipal, a viatura foi acionada por funcionários da repartição pública relatando que, em meio ao processo de emissão da segunda via do documento, fora constatado que o sujeito se encontrava “procurado”.

Os GCMs conduziram o acusado até a PC, onde foi confirmado o mandado de prisão emitido pela Justiça de Tatuí. O homem permanece à disposição da Justiça.


  • Idoso é enganado por falsos funcionários de banco da ‘11’

Um idoso de 81 anos foi vítima de estelionato na tarde de quarta-feira, 28, em uma agência bancária da rua 11 de Agosto. O caso foi relatado à Polícia Civil pelo filho do aposentado, na manhã de sexta-feira, 2.

Conforme relato do denunciante, o pai usava o caixa eletrônico da agência quando foi abordado por dois rapazes, que se apresentaram como funcionários do banco e ofereceram-lhe ajuda.

Na manhã seguinte, pai e filho foram até o banco e notaram a falta de R$ 13,6 mil da conta do aposentado. A vítima suspeita que, enquanto um dos sujeitos o ajudava, o outro visualizava as senhas numéricas e de letra. Os dois falaram com o gerente, que os orientou a procurar a polícia para as providências cabíveis.


  • Escola Infantil é invadida por vândalos no Jardim Planalto

A Escola Municipal de Ensino Infantil “Professora Lygia Rodrigues Del Fiol”, do Jardim Planalto, foi vítima de vândalos no sábado, 3.

A ocorrência foi relatada à GCM na manhã de segunda-feira, 5, pela diretora da creche, que informou que, ao chegar para trabalhar, fora surpreendida com a escola toda bagunçada e o vidro da diretoria quebrado.

De acordo com o boletim de ocorrência, nenhum objeto foi levado. A GCM instruiu a diretora a relatar o ocorrido à Polícia Civil.


  • Homem preso com 15 porções de crack alega que é usuário

Um homem foi preso com 15 porções de crack, na vila São Cristovão, na tarde de domingo, 4. Na delegacia, ele teria dito que acabara de comprar a droga para uso.

Segundo o boletim de ocorrência, a GCM estava em patrulhamento de rotina quando foi acionada por um transeunte, noticiando que uma pessoa do sexo masculino, de bermuda e camiseta vermelha, estaria efetuando comércio de drogas na avenida Vice-Prefeito Pompeo Reali.

Com base nas características informadas pelo denunciante, a GCM iniciou as buscas. O suspeito foi encontrado e fugiu a pé ao avistar a guarnição. Em seguida, foi abordado dentro de um bar, sendo identificado como Alessandro Tehemeistocles Morais, 20.

Com ele, os guardas registraram ter encontrado seis pedras de crack e R$ 40 em notas. Em seguida, os agentes retornaram ao estabelecimento onde ele estava e localizaram mais nove pedras da mesma substância. O acusado foi levado à Delegacia Central, onde permaneceu à disposição da Justiça.