Mostra de cavalo mangalarga atrai visitantes da América do Sul a Tatuí

Pesquisa turística mostra que 100% dos turistas voltariam ao município

17
Evento teve mais de 500 cavalos da raça mangalarga (foto: Márcio Mitsuishi)
Publicidade
Da redação

Durante a 43ª Exposição Nacional do Cavalo Mangalarga, a prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Esporte, Cultura, Turismo, Lazer e Juventude, manteve no Centro Hípico de Tatuí (sede do evento) um estande de informações turísticas, com o intuito de fomentar a marca “Tatuí – Invista Aqui”.

Nele,a pasta realizou pesquisa de demanda turística com as pessoas que passavam pelo evento, promovido pela ABCCRM (Associação Brasileira de Criadores de Cavalos da Raça Mangalarga).

Ao todo, foram obtidas 107 respostas, das quais 60,7% foram de homens e 39,3%, de mulheres, de diversas cidades paulistas e do país, incluindo Cuiabá (MT), Recife (PE), Belo Horizonte (MG), Florianópolis (SC), Rio de Janeiro (RJ), Londrina (PR), Guaxupé (MG), Uberaba (MG), Três Lagoas (MS) e Nova Lima (MG). Ainda foi registrada a presença de moradores da cidade colombiana de Santander.

Conforme a pasta, entre os que responderam à pesquisa, houve uma superioridade do público de 31 a 50 anos, totalizando 76,7% do público, enquanto pessoas de 18 a 30 anos representaram apenas 8,4% de participação. Completam este quesito: 0,9% menores de 18 anos e 14% maiores de 51 anos.

Das 107 pessoas que participaram da pesquisa, 75,7% estiveram em Tatuí em virtude da exposição nacional. Os outros motivos alegados pelos votantes foram: lazer e entretenimento, 9,3%; negócios, 8,4%; família, 5,6%, e outros motivos, 0,9%.

Publicidade

De acordo com a pesquisa, mais da metade dos presentes permaneceu mais de quatro dias na cidade, representando 54,2% do total. Já 20,6% permaneceram três dias em Tatuí, 15,9%, dois dias, e, 9,3%, apenas um dia.

No período da estadia, 39,6% das pessoas que responderam à pesquisa disseram ter gastado, diariamente, mais de R$ 300 com alimentação e hospedagem em Tatuí. Do restante, 23,6% gastaram até R$ 200, 19,8%, até R$ 300 e 10,4%, até R$ 100 – 6,6% preferiram não responder à questão.

A unanimidade da pesquisa está na pergunta em que as pessoas foram questionadas se voltariam a Tatuí. De acordo com a secretaria municipal, todos os votantes sinalizaram que retornariam ao município.

A exposição aconteceu entre os dias 21 e 31 de outubro e contou com a participação de mais de 500 cavalos da raça mangalarga e mais de 80 expositores de oito estados do Brasil, movimentando a economia e o turismo do município.

“Este evento foi de extrema importância para Tatuí, pois há estimativas de que movimentou mais de R$ 2 milhões em negócios, especialmente hotéis, restaurantes e outros serviços, gerando desenvolvimento, renda e emprego, além de ter projetado o nome da cidade e da região para todo o Brasil. É o turismo mais forte, auxiliando a economia local”, comemorou o secretário municipal do Esporte, Cultura, Turismo, Lazer e Juventude, Cassiano Sinisgalli.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

entre com sua mensagem
entre com seu nome