Enquete diz que 76% creem que mulher ‘ajuda’ na vida pública

Da redação

A pesquisa promovida pelo jornal O Progresso de Tatuí nesta semana revelou que 76% dos leitores acreditam que mais mulheres em cargos públicos de liderança poderiam contribuir com o país. Entre os participantes, contudo, 26% responderam que “não”.

Ou seja, conforme as respostas obtidas a partir da enquete, de maneira “inesperada”, praticamente um a cada tatuiano disse acreditar que mais mulheres atuando em cargos de chefia na vida pública não contribuiriam com a Brasil.

A questão figurou a pesquisa porque, no dia 12, o prefeito Miguel Lopes Cardoso Júnior recebeu a visita de oficiais bombeiros de Tatuí e região para a apresentação da tenente Gabriela Silva Porfirio, a nova comandante à frente do Corpo de Bombeiros local (CB), que pela primeira vez na história do município tem uma mulher nessa função.

Para esta semana, o jornal traz como assunto a Patrulha da Paz, programa lançado em 2020, mantido pela Guarda Civil Municipal (GCM) em parceria com o Núcleo de Justiça Restaurativa, por meio de convênio com a prefeitura, e que tem objetivo dar apoio às pessoas vítimas de violência doméstica, como mulheres, idosos e público LGBTQI+ (reportagem nesta edição).

Sobre este assunto, o bissemanário pergunta: “Você tem alguém na família que já precisou de socorro da Patrulha da Paz em Tatuí?” A questão pode ser respondida com “sim” ou “não” até a tarde de sexta-feira, 5 de agosto.

A votação acontece no portal de notícias do jornal (www.oprogressodetatui.com.br).

DEIXE UMA RESPOSTA

entre com sua mensagem
entre com seu nome