Raquel Prestes lança sétimo livro infantil nesta 5ª no P. Setúbal

Livro é a sétima obra infantil da escritora (foto: AI Prefeitura)
Da redação

Às 19h desta quinta-feira, 5, a escritora tatuiana Raquel Prestes realiza sarau de lançamento do livro “Não Alimente o Monstro!”, o sétimo escrito por ela. O evento acontece no MHPS (Museu Histórico “Paulo Setúbal”), incluindo noite de autógrafos.

A obra tem o selo da “Casa Kids” e visa, conforme a assessoria de comunicação da prefeitura, “incentivar os bons pensamentos e o cultivo de boas ideias na mente dos leitores”.

Em nota, a assessoria diz que “o texto e as ilustrações de Raquel, por meio de uma abordagem criativa, levam as pessoas a descobrirem que não se deve alimentar o monstro, mas somente a esperança”.

A obra custa R$ 39 e pode ser adquirida na noite de lançamento. Raquel receberá convidados e o público no museu, situado na praça Manoel Guedes, 98, no centro. Mais informações pelo telefone (15) 3251-4969.

A autora é professora e escritora. Raquel nasceu na cidade de Santo André, em São Paulo, em 11 de julho de 1972. Mudou-se para Tatuí em 1979, estudou no Sesi e cursou magistério na Escola Estadual “Barão de Suruí”.

Casou-se em 1994, com Antônio Edson de Moraes, e, da união, nasceu o filho João Vitor Ferreira de Morais, apontado como “grande responsável por despertar a veia artística da mãe”.

Licenciada em pedagogia pela faculdade Asseta (Associação de Ensino Tatuiense) e em artes visuais pela Unimes (Universidade Metropolitana de Santos), Raquel é pós-graduada em educação infantil pela UCB (Universidade Castello Branco).

De 1997 a 2019, atuou como coordenadora pedagógica de educação infantil da rede municipal de educação em Tatuí. Depois, de 2020 até 2022, foi diretora da creche-escola “Sérgio Iazzetti Martins Proença”, no bairro Inocoop.

Atualmente, Raquel é contadora de histórias e ministra cursos aos professores e monitores da educação infantil de Tatuí.

Além do livro a ser lançado nesta semana, a educadora escreveu e publicou as obras: “O Menino Passou por Aqui”, pela editora Petra, agraciado pelo ProAC 2006; “Vamos Jogar?”, com o selo da Novha America, em 2007; “Ovelha Raquel”, também pela Novha America, em 2008; “As Mães Nunca são Iguais”, via editora Adonis, em 2016; “O Senhor Compratudo”, pela mesma casa, em 2018; e “História para um Boi Dormir”, pela editora Sowilo, em 2020.

DEIXE UMA RESPOSTA

entre com sua mensagem
entre com seu nome