Mais de 30 tatuianos são premiados com a Medalha Zumbi dos Palmares

Prêmio inédito fez parte da celebração do Dia Nacional da Consciência Negra

34
Tatuianos homenageados com a primeira “Medalha Zumbi dos Palmares” (foto: Arquivo Pessoal)
Publicidade
Da reportagem

Mais de 30 tatuianos engajados no combate ao racismo e na promoção da igualdade racial foram homenageados na manhã de sábado, 20, com a a entrega da inédita Medalha Mérito Zumbi dos Palmares.

A ação fez parte da programação em comemoração ao Dia Nacional da Consciência Negra e foi realizada no plenário da Câmara Municipal de Tatuí, com a presença dos homenageados e seus familiares.

O professor José Mesquita dos Santos, idealizador do evento, conta que a cerimônia premiou personalidades físicas e jurídicas que se destacaram por ações e serviços relevantes no combate ao racismo e na promoção da igualdade racial.

A honraria também é um reconhecimento aos moradores e ativistas que trabalham pela valorização da cultura afrodescendente e pelo fim do preconceito e do racismo, em diversos setores do município.

Mesquita informou que, ao todo, foram distribuídas 31 medalhas. Os premiados com a medalha foram indicados, por ativistas envolvidos na organização do evento, pelo trabalho realizado no município.

Publicidade

Entre os premiados, estão, o próprio professor Mesquita, a esposa dele, professora Mina Garcia, a filha dele, Nayra Mesquita Lourenço, o professor maestro Paulo Afonso, a professora Vicentina Stanislau, o professor Dalton Stanislau, a advogada Cláudia Cardoso, a enfermeira Patrícia Fernanda, o professor Felipe Reginaldo, o professor Renan Freire e o professor mestre Renan Santos.

Também receberam a honraria: Mambo Manoel (da África, Angola), Balo (da Nigéria), o professor Sandro Mandela, o professor João Luis Azevedo, o babalorixá Alessandro, a ativista Tássia Amália Azevedo, o músico Cláudio Baiano, a ativista Marina Stanislau, a professora Salete, os empresários Gláucia Moura, Carlos Moura e Carla Moura; o engenheiro Vladimir, o enfermeiro Reginaldo, o guarda municipal Florisvaldo de Moura, o atleta Rogério, o professor Benedito, o ativista Valteir, a enfermeira Patrícia Fernanda  e a enfermeira Camila Pereira.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

entre com sua mensagem
entre com seu nome