Tatuí proíbe aluguel de chácaras para eventos e realiza barreiras sanitárias

561
Publicidade
Da redação

A partir desta quinta-feira, 25, Tatuí realizará barreiras sanitárias em pontos estratégicos da cidade. A medida segue até o domingo de Páscoa (4 de abril).

Nessas barreiras, agentes vão medir a temperatura dos ocupantes dos veículos e dar orientações sobre medidas de prevenção à Covid-19, como o uso obrigatório de máscara, além de evitar aglomerações.

Em nota à imprensa, a assessoria de comunicação da prefeitura informa que, com o feriado prolongado na cidade de São Paulo – entre 26 de março e 4 de abril -, as barreiras sanitárias serão necessárias para controlar o fluxo de pessoas e veículos, sendo mais uma medida no enfrentamento à pandemia.

Na terça-feira, 23, a prefeita Maria José Vieira de Camargo reuniu-se com o coronel Miguel Ângelo de Campos, secretário da Segurança Pública e Mobilidade Urbana, para definição dos detalhes das ações, que deverão envolver além da Guarda Civil Municipal, a Secretaria Municipal de Saúde, agentes de trânsito e a Polícia Militar.

A ideia principal é ter três pontos de abordagens: na rua 11 de Agosto, na avenida Vice-Prefeito Pompeo Reali e na rua Alberto Seabra/avenida Dr. Salles Gomes.

Publicidade

Aluguel de chácaras

Além das barreiras sanitárias, a prefeitura anunciou outra ação como forma de auxiliar no enfrentamento da pandemia do novo coronavírus: a proibição de alugueis de chácaras para eventos.

O decreto municipal 21.209, editado no dia 23 de março de 2021, determina a proibição da locação de todos os tipos de chácaras e espaços assemelhados com a finalidade de realização de festividades que gerem aglomerações.

Segundo o novo decreto, a medida vale enquanto o município estiver classificado nas fases “vermelha” e “emergencial” do Plano São Paulo. A medida prevê multa aos infratores, conforme também previsto no Código Sanitário Estadual.

Publicidade