Soma de recursos pode viabilizar alça de acesso no anel viário da SP-141

Projeto de infraestrutura vai do trecho próximo à Ceagesp até o Jardim Lírio

732
Maria José e Gonzaga com o governador João Doria e o vice Rodrigo Garcia, no Palácio dos Bandeirantes (foto: AI Prefeitura)
Publicidade
Da reportagem

Uma soma de recursos que estão sendo buscados pela prefeitura pode viabilizar a construção de alça de acesso no anel viário a partir da rodovia Senador Laurindo Dias Minhoto (SP-141).

A nova obra de infraestrutura vai do trecho próximo à Ceagesp (Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo) até o Jardim Lírio (estrada Moisés Martins).

A informação é da prefeita Maria José Vieira de Camargo, que articulou os recursos por meio de ações que envolveram o deputado federal Samuel Moreira e o senador José Serra.

Segundo ela, “uma soma de esforços de verbas que estão sendo conquistadas junto ao governo do estado e a União vai viabilizar o investimento”.

Na quarta-feira, 19, Moreira esteve no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, em reunião com o governador João Doria e o vice-governador Rodrigo Garcia, acompanhado do ex-prefeito Luiz Gonzaga Vieira de Camargo.

Publicidade

Na pauta, o deputado apresentou pedido de recursos que soma R$ 1,7 milhão ao governo do estado para Tatuí, assim como confirmou os R$ 700 mil anunciados por Doria em evento com os prefeitos paulistas no dia 20 de abril.

Os recursos somados representam cerca de R$ 2,4 milhões. Além disso, conforme a prefeitura, esta semana, Moreira e Serra confirmaram mais recursos, com propostas de emendas já encaminhadas ao Ministério do Desenvolvimento Regional. A do deputado soma R$ 481,1 mil e a do senador, R$ 238,8 mil.

“Todos esses recursos serão aplicados neste projeto, que é uma obra viária muito importante para o desenvolvimento econômico e a mobilidade urbana. É uma alça que alcançará o anel viário, tirando os caminhões das ruas do centro e fazendo uma ligação rápida entre a SP-141 e as SPs 127 e 129”, declarou Maria José.

De acordo com a prefeita, a Secretaria de Planejamento, Trabalho e Gestão Pública já tem todo o projeto pronto e trabalha junto ao governo do estado e outros parceiros para viabilizar a obra e os investimentos ainda neste mandato.

“Estamos muito otimistas e trabalhando muito em São Paulo e Brasília para poder receber os recursos e executar essa obra tão importante, que é estratégica para o nosso município”, pontuou Maria José.

Projeto visa desviar o trânsito de caminhões pesados da ponte do Jardim Lírio para um novo acesso (imagem: AI Prefeitura)

A O Progresso, o secretário municipal do Governo, Luiz Paulo Ribeiro da Silva, antecipou que o projeto visa desviar o trânsito de caminhões pesados da ponte do Jardim Lírio para uma nova ponte, subindo em direção ao anel viário.

“A obra vai otimizar a saída dos caminhões ali da Bunge e da Ceagesp, além de não danificar todo aquele trecho que vem da marginal nova (do ribeirão do Manduca), que tem um custo muito grande para a prefeitura estar sempre mantendo”, destacou o secretário.

O último trecho em obras do complexo viário citado por Luiz Paulo foi entregue no ano passado, na véspera do aniversário de Tatuí, com drenagem, iluminação, rotatórias, canteiros centrais, asfalto e duplicação, em uma extensão de 1.296 metros

Os serviços foram realizados a partir da ponte do Jardim Colina Verde (rotatória das ruas Rotary Club com a Caridade III) até a rua Chiquinha Rodrigues, limite com a ponte de acesso ao Jardim Lírio e ao Residencial dos Ipês.

O trabalho de duplicação da marginal do ribeirão do Manduca, que tem como nome avenida João Batista Correa Campos, está sendo executado em fases, desde 2017, logo após a reconstrução das pontes do Manduca, do Jardim Junqueira e do Jardim Colina Verde. A primeira etapa foi entregue em dezembro daquele ano.

Na ocasião, a via ganhou mão dupla nos dois sentidos, canteiro central, rotatória na interligação com a avenida Domingos Bassi e teve o asfalto reconstruído até a avenida São Carlos.

A segunda etapa foi concluída junto com a ponte do Jardim Paulista, em dezembro de 2018. A obra envolveu a recuperação da rua Lions Club até a bifurcação e a reconstrução da ponte que liga o Jardim Paulista à vila Dr. Laurindo.

“Garantir os recursos para a execução da novo projeto de infraestrutura naquela região é uma meta da prefeita. Ela e o deputado federal Samuel Moreira estão sempre em busca de recursos para melhorias em nosso município e têm trabalho muito para conseguir esta obra”, acrescentou Luiz Paulo.

Publicidade