Sindicato promoverá ‘parada’ de rodoviários em Tatuí na terça

1789
Veículos de transporte urbano devem circular em menor quantidade
Publicidade

Usuários do transporte urbano e intermunicipal em Tatuí terão mais dificuldades em se locomover na próxima terça-feira, 19. É que o Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região anunciou paralisação de 24 horas dos funcionários do setor.

A entidade classista programa mobilizar os trabalhadores para participarem da greve nacional contra a reforma da Previdência e “em defesa de direitos”.

O evento visa “impedir” que deputados federais aprovem a PEC (Proposta de Emenda Constitucional) 287/2016, enviada pelo presidente Michel Temer.

De acordo com o sindicato, a greve nacional é uma convocação de todas as centrais sindicais brasileiras. Ela deverá contar com adesão das “diversas categorias de trabalhadores de todos os ramos da economia”.

Na região, além de Tatuí, funcionários de outros 41 municípios que compõem a base de representação do sindicato devem parar. Eles atuam, ainda, em fretamento e transporte de cargas.

Publicidade

As empresas do ramo na cidade – e na região – devem ser notificadas nesta quarta-feira, 13. Na data, o Sindicato dos Rodoviários protocolará a convocação de paralisação em cumprimento à lei de greve em serviço essencial, que determina que o comunicado seja feito com 72 horas de antecedência da greve.

Também por lei, o serviço deve ser mantido na cidade, observando-se o percentual mínimo de 30%. Isso significa que as linhas de transporte urbano e intermunicipal continuarão a operar durante a greve, mas com horários reduzidos.

A proposta de reforma da Previdência deve ser votada pela Câmara dos Deputados na semana que vem, última dia antes do recesso parlamentar.

Publicidade