Sete a cada 10 ainda dizem ter receio de ‘aglomerações’

23
Publicidade
Da redação

A grande maioria dos tatuianos respondeu ainda ter receio de eventos presenciais, conforme apurado, ao longo desta semana, pela enquete semanal do jornal O Progresso de Tatuí, realizada pelo site www.oprogressodetatui.com.br.

A pesquisa abordou o assunto devido ao fato de que, em dezembro, a Secretaria de Esporte, Cultura, Turismo, Lazer e Juventude promove diversas atividades culturais na cidade.

Os eventos são realizados presencialmente nos equipamentos culturais da prefeitura ou disponibilizados/transmitidos ao vivo pelo canal do Museu Histórico “Paulo Setúbal” no YouTube (https://bit.ly/3rebu51).

A enquete perguntou, portanto: “Você já se sente seguro para acompanhar presencialmente a programação de final de ano em Tatuí?”.

Como resposta, 71% indicaram ainda não se sentirem seguros, enquanto 29% disseram já estar tranquilos com relação à contaminação pela Covid-19.

Publicidade

Nesta próxima semana, a pesquisa aborda a demanda por exames oferecidos pelo município, possivelmente acumulados por conta da pandemia.

Em requerimento apresentado pelo presidente da Câmara Municipal, Antonio Marcos de Abreu (PSDB), os parlamentares aprovaram pedido de mutirão para a realização de exames de imagens que estão com demanda reprimida na Secretaria Municipal de Saúde.

A aprovação do documento 3.554/21, endereçado ao prefeito Miguel Lopes Cardoso Júnior, aconteceu na noite de segunda-feira, 6, durante sessão ordinária.

Conforme a justificativa da matéria, existe a necessidade do mutirão porque “alguns exames estão demorando muito para serem realizados, aumentando o tempo para o médico diagnosticar e começar o tratamento nos pacientes” (reportagem nesta edição).

Desta forma, a pesquisa questiona: “Você está no aguardo de algum exame a ser realizado por meio dos sistema de saúde público?”.

A pergunta pode ser respondida, com “sim” ou “não”, até a tarde de sexta-feira, 17. O resultado será publicado na edição do final de semana seguinte, 19.

Publicidade