Santa Casa nega uso de pediatria para pacientes com coronavírus

461
Publicidade
Da redação

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Vigilância Epidemiológica, informou na manhã deste domingo, 14, ter notificado, nas últimas 24 horas, cinco novos casos positivos e três suspeitos de Covid-19. Foram ainda descartados 24 casos suspeitos.

Também em nota, a Santa Casa informa que os leitos da pediatria não estão sendo utilizados para atender a pacientes com o novo coronavírus – conforme divulgado em redes sociais.

“A Santa Casa já está tomando as medidas administrativas e legais com relação à notícia vinculada nas redes sociais”, conclui a nota.

Os cinco novos casos positivos são de três mulheres e dois homens. Todos estão com quadros de saúde estáveis e realizando tratamento domiciliar.

Os casos suspeitos são de três mulheres. Uma, de 79 anos, precisou de internação. A paciente está no isolamento da Santa Casa, com quadro estável. Vinte e quadro casos foram descartados, envolvendo 16 mulheres e 8 homens.

Publicidade

Estão internados, na Santa Casa, 13 pacientes, sendo três na UTI, com quadros que inspiram cuidados (dois são positivos e um suspeito), e dez no isolamento, com quadros estáveis (sete positivos e três suspeitos).

No hospital particular, estão internados cinco pacientes, sendo três na UTI (todos positivos), com quadros inspirando cuidados, e dois no isolamento, com quadros estáveis (um positivo e um suspeito).

Conforme a VE, a taxa de ocupação atual dos leitos clínicos de internados por Covid-19 ou suspeitos na Santa Casa é de 45%. Já a ocupação da UTI por pacientes com coronavírus ou suspeitos é de 60%.

Até a divulgação do boletim, atualizado por volta das 11h30, a cidade somava 1.060 notificações pela doença, sendo 28 casos suspeitos aguardando resultados dos testes, 749 descartados e 283 positivos.

Dos casos confirmados, 217 pacientes estão recuperados, 16 morreram e 50 ainda estão em tratamento: 13 em hospitais e 37 em tratamento domiciliar. Dos casos suspeitos, 28 estão em tratamento, sendo cinco em hospitais e 23 em isolamento domiciliar.

Publicidade