Revés na ‘semi’ exclui Bom de Bola da disputa da Copa Ouro

Equipe sub-11 foi derrotada pelo Jabaquara, que passou à decisão

4
Sub-11 do Bom de Bola perdeu pelo ‘placar mínimo’
Da redação

A apenas um passo da decisão da categoria sub-11 da Copa Ouro 2021, o Bom de Bola deixou a competição, promovida pela APF (Associação Paulista de Futebol), na tarde de sexta-feira, 17.

Representando o Atlético Amazonense, de Manaus (AM), o Bom de Bola recebeu o Jabaquara no estádio “Professor Simeão Sobral”, na vila Jurema, e perdeu o confronto pelo placar de 1 a 0.

Em caso de vitória, o time tatuiano jogaria a decisão com o vencedor do confronto entre Taboão da Serra e Taubaté, agendado para quinta-feira, 23, às 15h, no CDC Francisco Prestes Maia, em São Paulo.

A edição 2021 da Copa Ouro teria início no mês de março, porém, acabou suspensa após 645 cidades paulistas – incluindo, Tatuí – terem voltado para a fase vermelha do Plano São Paulo contra a Covid-19.

Além do Bom de Bola, o município seria representado pelo XI de Agosto, atuando como Litafu (Liga Tatuiana de Futebol). As duas equipes estavam no grupo C das categorias sub-11 e sub-13.

Após a retomada da competição, somente o Bom de Bola seguiu na disputa, jogando no grupo C, em ambas as categorias, ao lado de José Bonifácio, Taboão da Serra, Osasco, Bandeirante e Comercial de Salto. Os grupos do certame foram regionalizados, para facilitar os custos de viagem.

Na primeira fase da sub-11, o representante do Atlético Amazonense conquistou três vitórias, empatou um jogo e perdeu outro, ficando com a segunda colocação no grupo.

Para chegar à semifinal da categoria, na tarde do dia 10, o Atlético Amazonense superou a equipe de Jaguariúna por 2 a 1, em partida válida pelas quartas de final.

Pela sub-13, o Atlético Amazonense conseguiu vencer somente uma partida e foi derrotado nos outros quatro confrontos. Com essa campanha, acabou na quinta colocação do grupo C e não avançou à fase eliminatória da categoria.