Nova diretoria do Conselho da Mulher de Tatuí é empossada

Reuniões ocorrem em todas as primeiras quartas-feiras do mês

19
Posse da nova diretoria do Conselho da Mulher no paço municipal (foto: AI Prefeitura)
Publicidade
Da reportagem

O Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Tatuí (CMDM) promoveu na tarde de sexta-feira, 1º, no Paço Municipal “Prefeita Maria José Gonzaga”, a posse da nova diretoria para o biênio 2021/2023.

A solenidade contou com a presença do prefeito Miguel Lopes Cardoso Júnior; do secretário de Assistência e Desenvolvimento Social, Alessandro Bosso; da primeira-dama Regiane de Oliveira Rosa Cardoso; das conselheiras e familiares das empossadas.

A eleição da diretoria, conforme a legislação vigente, foi realizada no dia 20 de setembro, na Casa dos Conselhos, durante reunião do conselho. Para compor o CMDM, devem ser escolhidas presidente, vice-presidente, primeira-secretária e segunda-secretária.

Na assembleia, houve a eleição da nova direção assim composta: presidente, Elaine Cristina da Silva; vice-presidente, Aline Queiroz Venâncio Fortes; primeira-secretária, Débora Cristina do Nascimento; e segunda-secretária, Núbia de Jesus Lencione.

A O Progresso, Elaine contou ter formação em gestão de recursos humanos e serviços sociais e ter participado da eleição do conselho visando “poder ajudar a desenvolver as políticas públicas que garantem os diretos das mulheres”.

Publicidade

“Nosso primeiro passo, a partir desta posse, é fazer um levantamento das ações já realizadas pelo CMDM. Isso vai nortear as nossas atividades para que possamos dar continuidade no que já foi iniciado e fazer o que ainda é necessário”, declarou a presidente.

O órgão foi criado pela lei municipal 3.502, de 26 de maio de 2003, e reorganizado pela lei municipal 5.049, de 1º de dezembro de 2016. O Conselho Municipal dos Direitos da Mulher é um órgão deliberativo, consultivo, fiscalizador, de caráter permanente e controlador das ações, em todos os níveis, dirigidas à proteção e à defesa dos direitos da mulher.

De acordo com a assessoria de comunicação da prefeitura, a finalidade do CMDM é “elaborar e implementar, em todas as esferas da administração, políticas públicas sob a ótica de gênero, para garantir a igualdade de oportunidades e de direitos entre homens e mulheres, de forma a assegurar à população feminina o pleno exercício da cidadania”.

O CMDM, vinculado à Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, é composto por membros do poder público e da sociedade civil.

Nele, são representantes do setor público: Núbia de Jesus Lencione, titular, e Débora Cristina Franco, Nunes Rosa, suplente (Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social); Bruna Marina Simão Balangio, titular, e Maria Teresa de Carvalho Domingues, suplente (Secretaria Municipal de Educação); Débora Cristina do Nascimento, titular, e Vitória Silva Elvira C. Guerra, suplente (Secretaria Municipal de Saúde); Maria Sílvia Franco, titular, e Edite Benedita Oliveira Barbosa, suplente (Fundo Social de Solidariedade de Tatuí).

As representantes da sociedade civil são: Maria Auxiliadora Vieira, titular, e Maria Claudia Adum, suplente (entidade sindical); Nativa Quedevez de Souza, titular, e Telma Cristina Tomitão de Oliveira, suplente (entidade de defesa dos idosos); Elaine Cristina da Silva, titular, e Marcia Cristina da Silva Arroio, suplente (sociedade civil); Aline Queiroz Venâncio Fortes, titular, e Dhaianny Canedo Barros Ferraz, suplente (representante das mulheres pertencentes a conselhos de profissão regulamentada, associação de classe ou conselhos de bairro).

As reuniões do CMDM são abertas à população e ocorrem todas as primeiras quartas-feiras do mês, às 9h, na Casa dos Conselhos, à avenida Senador Laurindo Dias Minhoto, 310, vila Dr. Laurindo.

Publicidade