Notas policiais

  • Homem é lesado ao comprar passagem para viajar ao RN

Um homem de 54 anos, morador do Jardim Progresso, foi vítima de estelionato ao acreditar estar adquirindo uma passagem aérea. O golpista bloqueou o contato da vítima assim que recebeu o dinheiro da falsa compra. O caso aconteceu no domingo, 24, e foi informado à Delegacia Central no dia seguinte.

Segundo relatado, o homem se interessou por um anúncio no Facebook de uma empresa de venda de milhas para passagens aéreas. Ele pensou que havia entrado em contato com a empresa, via WhatsApp, através de um número presente no anúncio.

Conforme relatado, o tatuiano adquiriu uma passagem com saída do Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), com destino ao estado do Rio Grande do Norte.

No entanto, após efetuar o pagamento, via Pix, à “Agência de Viagens Ltda”, o contato da suposta empresa desapareceu do WhatsApp da vítima, levando-a a perceber que caíra em um golpe.


  • Bandido ameaça adolescente de morte para roubar celular

Uma adolescente de 17 anos foi ameaçada de morte por um criminoso durante roubo no Jardim São Paulo, na manhã de terça-feira, 26. O bandido levou o celular dela e ainda a “cumprimentou” antes de deixar o local. O crime foi comunicado ao plantão policial horas depois.

Por volta das 7h, conforme relatado, a jovem estava indo a uma escola, localizada na área central, quando foi surpreendida pelo ladrão. Ele a ameaçou, dizendo: “Me passa o celular, senão eu vou te matar”. Após pegar o aparelho, ele a ameaçou novamente, afirmando: “Se gritar, eu mato você”.

A vítima disse à PC que, na sequência, o bandido exigiu que ela ainda entregasse a mochila. Depois de a adolescente afirmar que levava somente materiais escolares, o criminoso pediu para que ela tocasse a mão dele, “em forma de cumprimento”, e deixou o local levando, além do celular, o RG e um cartão de convênio médico, que estavam dentro da capinha do aparelho.


  • Ladrões roubam R$ 12 mil em crime cometido na ‘Esperança’

A residência de um homem de 52 anos, localizada na vila Esperança, foi invadida e roubada na noite de quarta-feira da semana passada, 20. Durante o crime, um trio armado conseguiu levar R$ 12 mil e um celular. A vítima esteve na Delegacia Central para registrar boletim de ocorrência somente na manhã de terça-feira, 26.

De acordo com o documento, às 19h15, três criminosos invadiram o imóvel e anunciaram o assalto, rendendo o morador. Cada bandido estava armado, portando revólveres. Eles mandaram a vítima permanecer deitada no chão durante o crime.

Em ação que durou perto de 20 minutos, segundo o boletim, os ladrões reviraram todos os pertences da vítima e encontraram R$ 12 mil em dinheiro. Eles ainda exigiram que o morador entregasse o celular dele e, pouco depois, foram embora em um veículo preto.

A vítima disse à PC que os três criminosos tinham “aproximadamente 1,70 metro de altura”, sendo que um seria “moreno, aparentando ter 29 anos” e os outros dois, “brancos, de aparentemente 27 anos”, sendo que um possui “uma tatuagem no pescoço”.


  • Casal de idosos sofre roubo dentro de imóvel no Inocoop

Um homem de 69 anos e uma mulher de 66 foram vítimas de roubo na noite de terça-feira, 26, dentro da residência deles, localizada no bairro Inocoop (Conjunto Habitacional Amaro Padilha). O crime foi cometido por três bandidos armados e informado ao plantão policial na manhã do dia seguinte.

Conforme relatado, por volta das 22h30, a mulher estava na casa com o marido quando escutou batidas de palmas, em frente ao portão. Ela abriu a janela para ver quem estaria chamando e se deparou com um sujeito, perguntando sobre um endereço.

Nesse momento, segundo relatado, outros dois ladrões já haviam invadido o imóvel e estavam na garagem. Eles anunciaram o assalto e um dos bandidos tentou arrombar a porta, sem sucesso, levando o trio a pular a janela da sala.

Segundo o boletim de ocorrência, os criminosos disseram para o casal permanecer, o tempo todo, quieto e não olhar para o rosto deles. Em dado momento, um dos ladrões ameaçou disparar a arma de fogo contra as vítimas e, após “controlar a situação”, colocou-as dentro do banheiro.

Ainda de acordo com o boletim, o trio deixou a residência levando um celular, um escapulário de ouro, duas alianças de ouro (estimadas em R$ 1.800), uma aliança de ouro e pedras de brilhante (avaliada em R$ 800) e uma aliança de prata com zafira azul.


  • Menor acusado de tráfico é flagrado com crack e R$ 615

A Guarda Civil Municipal apreendeu, na noite de terça-feira, 26, um adolescente de 14 anos acusado de tráfico de entorpecentes na vila Ezequiel. Durante a ação, a corporação recolheu pedras de crack e dinheiro.

De acordo com a GCM, por volta das 20h, uma equipe fazia patrulhamento pelo bairro quando, pela rua Antônio Morone, os agentes que seguiam nela avistaram o adolescente, “já conhecido dos meios policiais”.

Ao perceber a presença da guarnição, o menor dispensou algo que estava segurando e tentou fugir, porém, sem sucesso. Em busca pessoal, segundo a GCM, os agentes encontraram R$ 100 com o suspeito.

Na sequência, ao verificarem o que havia sido dispensado, os guardas localizaram duas pedras de crack. Ao ser questionado, ele confessou a comercialização das drogas, indicando a localização de mais 14 pedras de crack, escondidas dentro de um buraco do muro de uma casa abandonada.

Posteriormente, conforme a corporação, o adolescente ainda revelou que havia mais dinheiro, oriundo do tráfico, guardado na casa dele. Autorizados pela mãe do suspeito, os guardas encontraram R$ 541,10 dentro do quarto dele.

Segundo o boletim de ocorrência, o adolescente foi levado ao Pronto-Socorro Municipal “Erasmo Peixoto” e, depois, à Central de Flagrantes. Lá, recebeu voz de apreensão e ficou detido à disposição da Justiça.

DEIXE UMA RESPOSTA

entre com sua mensagem
entre com seu nome