Notas policiais

35
  • Homem acaba preso um dia após ser liberado de detenção

Um ajudante de pedreiro de 38 anos acabou preso, na tarde de sexta-feira, 16, acusado de dano qualificado e resistência, na área central. O indivíduo havia deixado o sistema prisional no dia anterior.

De acordo com a Polícia Militar, às 13h45, uma equipe foi acionada para atender a uma ocorrência de dano no Cosc (Centro de Orientação e Serviços à Comunidade), onde o ajudante de pedreiro estava desacordado, após ter caído de cima do telhado.

Conforme a PM, os agentes constataram que ele havia retirado cerca de 15 telhas para entrar no forro, que acabou cedendo. Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada e, enquanto prestava atendimento, o sujeito teria se “rebelado” e tentado fugir do local.

Durante a tentativa de fuga, segundo a PM, o acusado teria resistido à prisão e rasgado a farda, além de ter provocado escoriações em um dos braços e em um dos joelhos de outro policial.

Conforme o boletim de ocorrência, a entidade atende, atualmente, cerca de 90 crianças, e 40 delas estavam presentes no momento da ocorrência. O suspeito possui passagens por crimes patrimoniais.

Ainda segundo o boletim, o acusado foi levado ao Pronto-Socorro Municipal “Erasmo Peixoto” e, depois, à Delegacia Central, onde afirmou não se lembrar do ocorrido. Lá, recebeu voz de prisão com possibilidade de fiança, no valor de R$ 1.000, permanecendo à disposição da Justiça.


  • Bandidos furtam mais de 40 cabeças de gado no ‘Adelaide’

Um pecuarista teve a propriedade rural dele, localizada no bairro Santa Adelaide, invadida na madrugada de quinta-feira, 15. Em dois caminhões, os bandidos furtaram cabeças de gado. O crime foi informado ao plantão policial na tarde do dia seguinte.

Segundo relatado, os criminosos cortaram a cerca de arame farpado do sítio para efetuar o furto de 41 cabeças de gado, sendo 28 bois, da raça Nelore, oito vacas mestiças e cinco novilhas de leite.

Após conduzirem os animais até um ponto específico, os criminosos teriam utilizado dois caminhões para realizar o furto. Enquanto deixavam o local, os ladrões saíram por uma outra propriedade da vítima, derrubando um portão de madeira.


  • Dupla em moto choca-se em poste ao tentar fugir da PM

Um ajudante de padeiro, de 19 anos, e dois adolescentes, ambos de 17 anos, foram levados pela Polícia Militar à Central de Flagrantes, na madrugada de sábado, 17. Dois deles estavam transitando pelo Jardim Santa Rita de Cássia em uma motocicleta sem placa de identificação.

De acordo com a corporação, à 0h26, uma equipe fazia patrulhamento, pela rua Benedito Nunes, quando os agentes se depararam com duas motos, com os faróis e lanternas apagadas, transitando lado a lado.

Ao notar a presença da viatura, os condutores tentaram fugir, mas um deles acabou chocando-se contra um poste, na avenida Teófilo de Andrade Gama.

Conforme a PM, a moto envolvida no acidente, uma Honda modelo CG 125 Titan, estava sem a placa e com a numeração do motor pinada, mas sem registro de furto ou roubo. Através do número do chassi, os policiais verificaram que a moto possui emplacamento de Capela do Alto.

Segundo o boletim de ocorrência, a moto estava sendo conduzida pelo ajudante de padeiro, com um dos adolescentes na garupa. Durante a abordagem, outro adolescente esteve no local, afirmando que o veículo pertencia a ele.

Conforme o boletim, os três sujeitos foram levados à Central de Flagrantes e, durante interrogatório, o adolescente que seria dono da moto disse que a tinha comprado havia um mês, dando um celular e R$ 600 como pagamento. Também afirmou tê-la emprestado para o ajudante de padeiro “dar uma volta”.

Ainda segundo o BO, o delegado determinou o registro da ocorrência para investigação. A motocicleta foi apreendida e recolhida administrativamente ao pátio da CRTrans Remoções.


  • Bandido finge estar armado para roubar celular de vítima

Um serralheiro de 25 anos teve o celular roubado, na noite de quinta-feira, 15, enquanto caminhava pela rua Antônio Henrique da Silva, na vila Esperança. O criminoso teria feito menção de que portava uma arma de fogo. A vítima registrou o boletim de ocorrência na tarde de sábado, 17.

Conforme o documento, às 20h15, o serralheiro foi abordado por um indivíduo em uma motocicleta, dizendo: “Perdeu, perdeu!”. O bandido fez menção de estar armado, retirou o aparelho da mão da vítima e fugiu.

A vítima disse à PC que, por ter ficado nervoso com a situação, não conseguiu observar nenhuma característica física que pudesse auxiliar na identificação do ladrão, visto que ele estava de roupa preta de motoboy e capacete. O celular roubado é avaliado em cerca de R$ 650.