Notas policiais

2625
  • Motociclista embriagado quase colide em viatura e acaba preso

Um motociclista de 44 anos acabou sendo preso por embriaguez ao volante, após quase colidir com uma viatura da Guarda Civil Municipal no Jardim Santa Rita Cássia. O acidente ocorreu na tarde de quinta-feira, 17, por volta das 15h, na rua Luís França Costa.

Conforme relatado, a viatura estava em patrulhamento pelo bairro quando um motociclsta foi ao encontro dela e, na sequência, fugiu em alta velocidade. Os agentes desviaram do veículo para evitar a colisão e seguiram o suspeito, que “estava oferecendo risco aos pedestres”.

Segundo a GCM, durante a abordagem, o acusado apresentava andar cambaleante, odor etílico, olhos vermelhos e fala “pastosa”. Questionado, ele teria confessado que bebera pinga.

Os guardas levaram o motociclista ao pronto-socorro, onde os médicos confirmaram o estado de embriaguez e, em seguida, encaminharam-no à Delegacia Central. O motociclista recebeu ordem de prisão, com possibilidade de pagamento de fiança de R$ 1.000.

Ainda conforme a GCM, a moto e o condutor estavam com os documentos regularizados. O veículo apreendido foi liberado e retirado por um parente do acusado.


  • Ladrão armado leva R$ 300 de comércio após ameaçar vítima

Na noite de quarta-feira, 16, um homem armado invadiu e roubou uma lanchonete no Jardim Wanderley. A vítima informou o crime à Polícia Civil na tarde de quinta-feira, 17.

De acordo com o boletim, o proprietário do estabelecimento estava sozinho no momento em que um homem invadiu a lanchonete e anunciou o assalto. O ladrão teria ameaçado a vítima com a arma de fogo enquanto exigia o dinheiro do caixa.

O comerciante entregou o dinheiro e, em seguida, o homem fugiu no sentido ao centro da cidade, levando R$ 300.  A Polícia Militar foi acionada, porém, não conseguiu localizar o criminoso.


  • Veículo de professor é furtado em rua do Jardim Primavera

Um professor de 61 anos teve o carro furtado, por volta das 18h, na tarde de quinta-feira, 17, em uma rua do Jardim Primavera. A vítima procurou o plantão da PC para relatar o ocorrido cerca de uma hora depois de constatar o crime.

Segundo informado, o homem deixou o veículo, um Fiat Strada Working de cor cinza, estacionado na avenida Cônego João Clímaco, por pouco mais de uma hora e, ao retornar, descobriu que o carro havia sido levado.

Segundo a vítima, não foram identificados suspeitos ou testemunhas. Além do carro, uma carteira, com documentos pessoais, cartões bancários e R$ 100 em dinheiro, que estavam dentro do veículo, também foi levada.


  • Mulher é acusada de atropelar ciclista e fugir sem dar socorro

Um estudante de 19 anos compareceu à Delegacia Central, na tarde de quinta-feira, 17, informando que teria sido vítima de atropelamento próximo à escola “Chico Pereira” e que a mulher que estava na direção do veículo teria fugido sem prestar socorro.

Conforme relatado, o acidente aconteceu na noite de quarta-feira, 16, por volta 19h, na rua Coronel Bento Pires. A vítima estaria andando de bicicleta quando a motorista acabou batendo com o carro nela.

Com a colisão, ele teria caído no chão e sofrido alguns arranhões, mas, ainda segundo a vítima, após o acidente, a mulher alegou que ele era o culpado pela batida e, na sequência, após o ciclista ter afirmado que iria chamar a polícia, ela teria fugido sem prestar socorro.

O estudante acionou a Polícia Militar, que o orientou a procurar o pronto-socorro e, posteriormente, a delegacia.


  • Ladrões furtam eletrônicos da casa de idosa no bairro CDHU

Uma idosa de 62 anos teve a casa furtada, na terça-feira, 15, no bairro CDHU. A mulher informou o crime à PC na tarde de quinta-feira, 17. Aparelhos eletrônicos e eletrodomésticos foram levados.

Segundo o boletim, a vítima foi informada de que o portão do imóvel estava entreaberto e, ao entrar, notou a falta de um rádio portátil, dois home theaters, um micro-ondas, dois DVD players, um conversor de canais e duas televisões. A mulher não apontou nenhuma suspeita.