Escola ‘Sales Gomes’ amplia vagas e vila Angélica ganha sala do Novotec

    Programa oferece ensino integrado com currículo voltado à profissionalização

    344
    Novotec levará para a região da vila Angélica Ensino Médio e cursos técnicos, que serão ministrados nas dependências da Fatec (foto: AI Prefeitura)
    Publicidade
    Siltec

    A Escola Técnica Estadual “Sales Gomes” ampliou o número de vagas para o primeiro semestre de 2020 e, neste ano, além dos cursos já oferecidos, como o técnico e o Etim (ensino técnico integrado ao médio), também abre inscrições para o “Novotec”, uma nova categoria de ensino integrado.

    No total, a unidade oferecerá 600 novas vagas. As inscrições tiveram início no dia 16 de outubro e seguem até a próxima terça-feira, 12 de novembro. O exame será no dia 15 de dezembro.

    Para a primeira turma do Novotec de Tatuí, são oferecidas 80 vagas, para ensino médio com habilitação profissional em administração e ensino médio com habilitação profissional em desenvolvimento de sistemas, sendo 40 vagas por curso.

    A diretora da Etec, professora Beatriz Soares Amaro, conta que as duas turmas funcionarão no sistema de salas descentralizadas e os cursos serão ministrados nas dependências da Fatec (Faculdade de Tecnologia de Tatuí) “Professor Wilson Roberto Ribeiro de Camargo”, no período da tarde.

    A iniciativa é realizada pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, em parceria com o Centro Paula Souza (responsável pela administração das Fatecs e Etecs), com a Secretaria Estadual da Educação e a prefeitura de Tatuí.

    Publicidade
    Siltec

    Segundo Beatriz, havia demanda para novos cursos, porém, com um número de salas limitado dentro do prédio da Etec, o Centro Paulo Souza autorizou a formação de salas descentralizadas em uma nova região do município, e, com isso, também será possível aproximar o ensino médio e técnico à região da vila Angélica.

    Beatriz explica que o novo curso tem a mesma configuração do Etim, modalidade já oferecida pela Etec, na qual o aluno faz o curso técnico integrado às disciplinas do ensino médio e, ao final, sai com diploma de técnico e certificado de conclusão do ensino médio. Contudo, ressalta que a nova modalidade tem como diferencial o conteúdo.

    “No Novotec, os cursos têm uma grade curricular mais enxuta, e as aulas são especificamente voltadas à habilitação profissional, ou seja, vão preparar o estudante para o mercado de trabalho”, acentua a diretora.

    Ainda dentro do Novotec, o candidato pode optar por duas modalidades de certificação. No curso de desenvolvimento de sistemas, a modalidade oferece vagas para o ensino médio com habilitação técnica profissional.

    Já no caso do curso de administração, existe a possibilidade de o aluno, ao final do terceiro ano do ensino médio, optar por fazer mais dois anos e completar em cinco anos os ensinos médio, técnico e superior tecnológico (normalmente, são necessários seis anos).

    Beatriz ainda destaca que, na região, apenas três unidades do Centro Paula Souza (Etecs Fatecs) foram selecionadas para oferecer o programa Novotec: Tatuí, Sorocaba e Itu.

    “O CPS analisou os nossos números e viu que tínhamos a necessidade de mais salas. Tudo isso com base em uma nova matriz curricular exigida pelo governo estadual”, salienta.

    Ainda conforme a diretora, com a novidade, o candidato que estiver finalizando o nono ano do ensino médio poderá escolher entre o Etim e o Novotec, sendo que as duas opções contam com o ensino integrado.

    Juntos os cursos totalizam a oferta de 240 vagas. Para o Etim, são 160 vagas, distribuídas entre os cursos de ensino médio integrado ao técnico de administração, desenvolvimento de sistemas, mecânica e química. As aulas desta modalidade acontecem em período integral.

    Para concorrer a uma das vagas do vestibulinho para os Etim ou Novotec, o candidato deve ter certificado de conclusão do ensino fundamental ou Encceja (Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos).

    Além disso, para o ensino técnico modular, serão distribuídas outras 240 vagas, para os cursos técnicos que já são oferecidos normalmente pela entidade no período da tarde (mecatrônica, meio ambiente e nutrição e dietética) e noturno (mecânica, química e segurança no trabalho).

    Os alunos que pretendem fazer o ensino técnico precisam ter concluído ou estar cursando a partir do segundo ano do ensino médio.

    O candidato que concluiu ou está cursando o ensino da EJA ou o Encceja deve ter o certificado de conclusão do ensino médio e declaração de que está matriculado a partir do segundo semestre da EJA.

    Para os estudantes desta categoria, também são necessários dois certificados de aprovação em áreas de estudos da EJA ou boletim de aprovação do Encceja enviado pelo MEC ou, ainda, certificado de aprovação do Encceja em duas áreas de estudos avaliadas.

    Beatriz lembra que o processo seletivo oferece vagas remanescentes de segundo módulo disponíveis para três cursos técnicos: administração, edificações e nutrição e dietética.

    Os interessados devem ter concluído o ensino médio e ter experiência profissional na área do curso, mediante avaliação e certificação de competências referentes ao primeiro módulo.

    “O aluno interessado vai fazer uma prova específica do curso pretendido. Se ele estiver habilitado, o estudante pode eliminar o primeiro módulo e entrar no segundo. Também é necessário ter concluído o ensino médio”, observou a diretora.

    Para explicar melhor todos os detalhes dos novos cursos, Beatriz está visitando diversas escolas e entidades municipais. Na semana passada, a diretora esteve no paço municipal, acompanhada do professor-coordenador José Benedito Menezes e do assessor de relações institucionais Jeferson Nedelciu.

    A equipe está trabalhando, junto com os demais professores, na divulgação do vestibulinho 2020 e, na ocasião, foi recebida pela prefeita Maria José Vieira de Camargo para apresentar detalhes sobre a realização do Novotec.

    A inscrição para o processo seletivo deve ser feita até as 15h do dia 12 de novembro, exclusivamente pelo site www.vestibulinhoetec.com.br. É preciso preencher a ficha de inscrição eletrônica e imprimir o boleto bancário para pagamento da taxa de R$ 30.

    O valor deve ser pago em dinheiro, em qualquer agência bancária ou via internet, por meio do banco do candidato ou, ainda, pela ferramenta “Getnet” (pagamento com cartão de crédito), disponível na internet.

    O manual do candidato com as informações sobre o processo seletivo estará disponível no site para download. Além disso, a Etec “Sales Gomes” também está funcionando como posto de atendimento para a inscrição, das 15h30 às 20h30.

    “Quem quiser vir aqui pode fazer a inscrição com acompanhamento e tirar todas as dúvidas referentes aos cursos. No site do vestibulinho, há provas anteriores e o gabarito para quem quer estudar e ter uma ideia de como vai ser a prova”, concluiu.

    Publicidade
    Siltec

    DEIXE UMA RESPOSTA

    entre com sua mensagem
    entre com seu nome