Definidos patrocinadores do 20º ano de concurso de Natal

187
Publicidade
Fabio Villa Nova
Antuerpia





A comissão organizadora do “Concurso Artístico e Literário de Natal” do jornal O Progresso divulgou nesta semana os patrocinadores. Ao todo, nove empresas cederão prêmios em dinheiro para alunos vencedores do ensino fundamental.

Figuram na lista parceiros de longa data, como o Colégio Objetivo – que patrocina R$ 500, sendo R$ 250 para desenho e R$ 250 para redação – e estreantes, como a Imobiliária Simões. Reforçam a equipe de colaboradores de ação que incentiva novos talentos, a Paulo Motos, a escola de idiomas CCAA, a Sempre Bela Lingerie, Alergoclin Cevac, Palácio do Sorvete e Prudente Fórmulas.

Cada patrocinador concede aos vencedores nas categorias desenho e redação valor de R$ 250 em dinheiro. O prêmio entregue como reconhecimento pelo talento é repassado por representantes da própria empresa colaboradora aos estudantes primeiros colocados em dias e horários a serem agendados.

No total, a 20ª edição do certame cultural entregará aos vencedores R$ 2.500, sendo dois deles alunos da Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais). Estes, concorrem em categoria especial, entre os próprios colegas.

Publicidade
Antuerpia
Fabio Villa Nova

Os estudantes da entidade frequentam atividades na Escola de Educação Especial “Wanderley Bocchi”. A unidade participa do concurso como convidada desde 2012, já tendo no currículo quatro alunos premiadíssimos – dois no primeiro ano e os outros dois no ano seguinte. Em 2014, o corpo de jurados a ser definido pelo bissemanário nos próximos dias, escolherá mais dois.

Os demais estudantes de escolas públicas e particulares do ensino fundamental concorrem dentro de seus respectivos grupos de anos. De modo a permitir equivalência entre os concorrentes, o Concurso Artístico e Literário de Natal do jornal O Progresso divide os alunos em quatro grupos. No primeiro, estão englobados os matriculados no 1º, 2º e 3º anos; no segundo, alunos do 4º e 5º anos; no terceiro, 6º e 7º anos; e, no quarto, 8º e 9º anos.

Conforme regulamento, os alunos podem produzir até um desenho e uma redação, ambos respeitando o tema proposto. Os trabalhos podem ser enviados pela direção da escola, professores ou mesmo pelos próprios alunos, até o dia 31 de outubro na redação do jornal, à praça Adelaide Guedes, 145, centro.

Na categoria redação, não há exigências prévias. Os alunos do 1º ao 9º ano podem escrever em qualquer estilo literário, desde que respeitando o tema do concurso. Em desenho, os trabalhos devem ser enviados em papel sulfite tamanho A4 (21 cm X 29 cm), em qualquer estilo artístico, desde que obedecendo ao tema.

No verso de cada trabalho, seja desenho ou redação, deverão constar os seguintes dados: nome completo do aluno, idade, ano correto em que estuda (1º ao 9º ano), além do endereço completo e telefone, bem como o nome da escola e do (a) professor (a).

A comissão organizadora destaca que, em caso de ausência das informações, o trabalho será automaticamente desclassificado. Ainda na modalidade desenho, pede-se aos alunos que evitem o trabalho de colagens, por dificultar a reprodução.

Os três melhores trabalhos de cada categoria, bem como os nomes dos professores e das escolas nas quais os autores estudam, serão publicados na edição especial de O Progresso. A edição de Natal circulará no dia 24 de dezembro.

A comissão julgadora irá analisar, principalmente, a criatividade e a originalidade dos trabalhos a partir do tema proposto, descartando aqueles que entender se tratarem de cópias. Os alunos premiados, bem como as escolas onde estudam, serão contatados pela redação do bissemanário, sendo que as entregas dos prêmios ocorrerão nos estabelecimentos comerciais patrocinadores.

X


Publicidade
Antuerpia
Fabio Villa Nova