Curso de Férias encerra atividades com concertos na Concha e no ‘Procópio Ferreira’

230
Publicidade





AI Conservatório / Kazuo Watanabe

Markus Mauderer rege ensaio de bolsistas que integram banda a se apresentar na noite deste sábado

 

“Como trabalho internacionalmente, meu desejo é que as pessoas conheçam mais sobre repertórios internacionais”. A intenção de Markus Mauderer será colocada em prática em dois concertos neste sábado, 9, no encerramento do VIII Curso de Férias.

Trata-se de ação que integra o Coreto Paulista, programa realizado pelo governo do Estado de São Paulo por meio da Secretaria da Cultura. O Coreto Paulista tem apoio institucional da TV Tem e patrocínio da CCR SPVias por meio da Lei de Incentivo à Cultura.

Publicidade

Um dos músicos renomados e convidados a ministrar cursos para os 134 bolsistas selecionados de todo o país, Mauderer estará à frente da Banda Sinfônica de Bolsistas do VIII Curso de Férias. As apresentações serão às 11h na Concha Acústica “Spartaco Rossi” e às 20h30 no Teatro “Procópio Ferreira”, ambas com entrada franca. Para o teatro, os ingressos podem ser retirados na bilheteria a partir das 18h, no dia do evento. O endereço é a rua São Bento, 415, em Tatuí.

O programa inclui peças de quatro compositores: Alfred Reed, Victoriano Valencia Rincon, Heitor Villa-Lobos e Yosuke Fukuda. A apresentação será iniciada com execução de “El Camino Real”, de Alfred Reed. A seguir, serão apresentadas a “Suíte Colombiana no 2 para Banda”, de Victoriano Valencia Rincon. A suíte conta com quatro movimentos (Cantadoras, Bambuco, Cumbiamba e Pregon).

De Heitor Villa-Lobos, a Banda Sinfônica do VIII Curso de Férias executará “Petizada”, com orquestração de João Victor Bota, nos movimentos: “Na mão esquerda tem uma roseira”, “Assim ninava mamãe”, “A pobrezinha sertaneja” e “Sacy”.

Encerra o programa, “Symphonic Dances”, do compositor japonês Yosuke Fukuda. A peça será apresentada com os movimentos “Renaissance Dances”, “Tango”, “Hoedown”, “Spirituals Bom-Odori-Uta” e “Belly Dance”.

A escolha do repertório ficou a cargo de Mauderer, com auxílio de Dario Sotelo, que coordena o Coreto Paulista. “Meu pensamento era fazer um programa interessante. Usualmente, quando faço algo fora da Europa, tento trazer repertório europeu”, conta Mauderer.

Para o VIII Curso de Férias, ele optou por repertório mais abrangente. Por conta disso, pesquisou programas dos anos anteriores. A intenção era ter uma referência do que já havia sido feito e do que seria possível trazer para o evento.

“A ideia era ter peças clássicas, as quais todo mundo conhecia ou deveria conhecer e, claro, compositores sul-americanos”, relata o músico. De modo a ampliar o repertório, incluindo compositores de outros países, Mauderer adicionou Yosuke Fukuda. “Na realidade, não é música japonesa, mas um compositor japonês com diferentes movimentos e diferentes estilos”, conta.

Por sugestão de Dario Sotelo, o maestro alemão acrescentou a peça “Petizada”, do compositor brasileiro Heitor Villa-Lobos. “Ele me recomendou um arranjo, com a transcrição do grande compositor. E eu quis executar”, cita.

O encerramento traz movimentos interessantes para o público e bastantes ecléticos para uma mesma peça. Em “Symphonic Dances”, o compositor Yosuke Fukuda inclui cinco estilos de diferentes partes do mundo, áreas e épocas.

“No primeiro movimento (“Renaissance Dances”), é possível ter uma noção do tempo e do sentimento da Renascença. No segundo (“Tango”), ele será tocado com movimentos no estilo da dança, que soa mais como coisa da América do Sul e são estilos completamente diferentes”, conta Mauderer.

No terceiro movimento (“Hoedown”), o público será remetido ao estilo de música country. No quarto (“Spirituals Bon-Odori-Utra”), o ritmo muda, com execução mais lenta e que remete ao estilo japonês. No quinto e último (“Belly Dance”), e que encerra a apresentação, o estilo será “muito dançante”.

Abertas ao público, as apresentações encerram as atividades do VIII Curso de Férias, evento que proporcionou a bolsistas de todo o país amplitude de repertório. Pablo Hugo, do Ceará, por exemplo, sente-se privilegiado por estar no curso de saxofone, ministrado pelo americano Dale Underwood.

“Estou tendo a experiência de tocar com um professor e um grupo de saxofone grande. É algo que eu nunca tinha feito, ainda mais com um professor renomado na música como solista. Então, só isso já é uma vantagem”, diz.

O estudante salientou como “ganho maior”, a expansão de conhecimento musical. Também elogiou a estrutura do evento, disponibilizada pelo Conservatório de Tatuí. “Isso agrega para meu currículo. É uma experiência inédita para mim, que nunca tinha tocado num grupo de saxofone”, conta.

Hugo integrará a Banda Sinfônica de Bolsistas do VIII Curso de Férias. “Vejo como uma responsabilidade, porque vamos ter um maestro renomado à frente. E o repertório está pesado. Nós sentimos o peso”, comenta ele, sobre a expectativa de mostrar o resultado das aulas para o grande público.

Também ansiosa para as apresentações, a bolsista Bárbara Souza Garcia relata que o curso traz crescimento pessoal e profissional para os participantes. Aluna do curso de flauta transversal do Conservatório de Tatuí, ela conta que decidiu participar do Curso de Férias para melhorar o currículo.

“O curso está ultrapassando minhas expectativas. Cada disciplina, individualmente, está trazendo muito crescimento, tanto na prática de conjunto como nas aulas individuais”, descreve a bolsita. Barbara é aluna do maestro Edson Beltrami, que integrou corpo docente do Conservatório de Tatuí e, atualmente, é 1ª flauta solo da Orquestra Filarmônica Bachiana de São Paulo.


Publicidade