Conservatório de Tatuí­ recebe ‘Prêmio Quality’ de excelência

410
Publicidade





Divulgação

Antonio Ribeiro, Henrique Autran Dourado e André Nunes receberam premiação entregue na capital

 

A atual gestão do Conservatório de Tatuí, administrado pela Associação de Amigos do Conservatório de Tatuí, foi homenageada pela “excelência e transparência”.

A homenagem foi prestada pela Sociedade Brasileira de Educação e Integração, que oferece a certificação conhecida nacionalmente como “Prêmio Quality”.

Publicidade

A entrega da premiação ocorreu na quinta-feira, 14, na Sociedade Hebraica, em São Paulo. Participaram da cerimônia cerca de 400 empresários, administradores e líderes de todo o país que se destacaram por suas atuações em diferentes segmentos.

Na área cultural, incluída dentro da categoria “platinum”, a administração do Conservatório de Tatuí foi a única a receber a premiação na área musical.

A homenagem, em forma de uma placa e um troféu, foi recebida pelo diretor executivo Henrique Autran Dourado, diretor administrativo e financeiro André Nunes Fernandes e assessor pedagógico Antonio Ribeiro.

Na placa, prateada, em relevo, lê-se: “a Sociedade Brasileira de Educação e Integração, reconhecendo a sua contribuição para o desenvolvimento socioeconômico do país, valorizando o produto nacional, vem conferir o Prêmio Quality Brasil 2014 ao Conservatório de Tatuí destaque em qualidade no Brasil”.

Além disso, a administração da instituição recebeu o selo Quality, a ser utilizado em correspondências e documentos oficiais.

O Prêmio Quality de Gestão é oferecido a empresas, organizações e personalidades brasileiras que se destacam pela qualidade na administração. A honraria, destinada apenas a instituições de comprovadas excelência e qualidade, é conferida por meio de indicação, avaliação e votação.

Dourado, que recebeu a homenagem, dividiu a conquista com toda a equipe de trabalho, conforme a assessoria de comunicação da escola.

“Apesar de ser uma premiação pelo destaque em qualidade no Brasil, pela gestão organizacional, esta compreende direção (executiva e administrativo-financeira), assessorias, gerências e coordenadorias. Porém, o que se premia não é a gestão, é o resultado do trabalho de mais de 300 pessoas, professores, regentes, músicos, luthiers e professores de artes cênicas, pelo resultado que, eles sim, promoveram e foram responsáveis pela entrega do prêmio”, destacou ele.


Publicidade