Ampla maioria diz que vai ficar na própria casa durante a folia

362
Publicidade





A situação econômica das famílias e do país, que diminuiu os gastos das prefeituras com o Carnaval, pode impactar no número de foliões neste ano. Três em cada quatro participantes de enquete realizada por O Progresso disseram que ficarão em casa durante a folia.

De acordo com a pesquisa, 75% dos leitores indicaram essa opção para o recesso carnavalesco. A segunda situação mais citada pelos participantes foi “viajar no feriado”, com 11% dos votos.

As alternativas que incluem a participação no Carnaval somaram, juntas, 14% das citações. Dos leitores, 8% afirmaram ter planos de ficar na cidade e participar da festa e 6% vão comemorar o Carnaval em outra cidade.

A pesquisa foi levada ao ar na manhã de sábado, 18 e ficou disponível para votação até a tarde de sexta-feira, 24, no portal “O Progresso Digital” (www.oprogressodetatui.com.br).

Publicidade

Nesta semana, o bissemanário propõe nova discussão a respeito do atendimento médico na cidade. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, 23,5% dos pacientes que agendam consulta na rede municipal faltam ao atendimento médico.

Os dados são publicados em reportagem nesta edição. A contagem da Secretaria de Saúde inclui agendamentos de consultas de ginecologia, pediatria e clínica-geral.

Com base nestas informações, o bissemanário faz o questionamento: “Em sua opinião, qual o principal motivo das faltas nas consultas?”. As alternativas são: “esquecimento”, “demora no agendamento” e “outros compromissos urgentes”.

Os leitores podem participar da enquete a partir deste sábado, 25. A pesquisa ficará no ar até a próxima sexta-feira, 3 de março. O resultado será publicado na edição de domingo, 5 de março.


Publicidade