Matriz será ‘tomada’ nesta sexta e sábado

‘Ideia é celebrar a vida’, diz Lucia B. que anuncia apoio a orquestra e ‘início de Natal’

Lucia Bonini Favorito comanda projetos que valorizam lojistas e colocam consumidor em 1º lugar (foto: arquivo O Progresso)
Da reportagem

A Praça da Matriz será “tomada” pela ACE (Associação Comercial e Empresarial) de Tatuí na tarde desta sexta, 6, e manhã de sábado, 7. A instituição “emprestará” o espaço público mais frequentado do município para realizar ação voltada ao Dia das Mães.

Marca da gestão da presidente da entidade, a empresária Lucia Bonini Favorito, a tradicional distribuição de bombons está programada para acontecer das 16h às 19h, repetindo-se no sábado, 7, das 11h às 13h. O doce será entregue para mães no comércio do entorno da Matriz.

Conforme a presidente, o objetivo principal desta edição é “celebrar a vida”. Lucia explica que a intervenção agendada para este fim de semana é especial.

“Está carregada de significados, não só pela proximidade com o Dia das Mães, celebrado neste domingo, 8, mas pela superação de obstáculos que elas representam, em particular, no período da pandemia do coronavírus”, observa.

Em Tatuí, a Covid-19 vitimou 502 pessoas, segundo dados divulgados pela prefeitura até a tarde de segunda-feira, 2. Entre elas, mulheres que deixaram filhos. A campanha da associação é pensada de forma a confortar as famílias, humanizar a relação do comércio com os consumidores e valorizar a vida.

“Todas as mães merecem ser presenteadas com carinho, e o comércio está preparado, com produtos mais em conta ou mais caros, de acordo com o bolso do consumidor, para receber a nossa população com muita atenção e amor”, destaca.

Na sexta, durante a distribuição de bombons, que contará com a presença da presidente, quem passar pela Praça da Matriz poderá apreciar apresentação musical de banda.

Já no sábado, o público será recepcionado pela Orquestra Sinfônica de Tatuí, corporação que fez sua estreia em outra iniciativa da ACE. O grupo instrumental apresentou-se durante o “Natal Musical”, em dezembro de 2021, sendo patrocinado pelo comércio do município em parceria com a prefeitura.

“Estamos na batalha pelo fortalecimento do comércio e da cultura. A banda que se apresentará na sexta é a mesma que tocou no fim do ano nas ruas da cidade, junto com o Papai Noel da ACE. Já a orquestra tem o nosso apadrinhamento”, detalha a presidente.

Segundo ela, as duas atrações simbolizam o “grande presente que a instituição entregará para as mães”. Além das homenageadas, a presidente espera que o público em geral aprecie o evento. “É importante que as pessoas acompanhem a banda e a orquestra, porque estamos falando de cultura”, frisa.

A presença da música tem sido uma constante nas ações da entidade – em particular, nas gestões de Lucia. A presidente lembra que, em dezembro do ano passado, ainda durante o período de restrição, as pessoas que participaram das comemorações de Natal contaram com programação especial.

“No fim do ano (de 2021), graças aos comerciantes, fizemos uma carreata maravilhosa. Tivemos o Papai Noel e as ruas enfeitadas. Tudo com o maior carinho do mundo. Todos aderiram. Para este ano, vamos repetir a estratégia”, conta.

Em 2022, a meta é aumentar o protagonismo dos lojistas. Para isso, a diretoria está programando diversas ações. De momento, Lucia antecipa que a entidade prepara “surpresas” para as principais datas especiais, como os Dias dos Pais, dos Namorados e das Crianças.

Para a presidente, a aposta no evento se dá pelo fato de que a economia local tem dado sinais de recuperação. Da parte da associação, a meta é unificar ainda mais o comércio, um dos três setores que mais empregam no município, conforme dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), divulgados pelo Ministério do Trabalho e relativos ao mês de março.

Apesar de o indicador do comércio amargar saldo negativo de menos três postos de trabalho (com 366 admissões e 369 demissões), no acumulado – ou estoque (aquele que soma o total de empregos mantidos) do ano, o setor emprega em Tatuí 7.391 trabalhadores. Na cidade, ele só perde para a indústria, que tem 9.471 empregados, e para a área de serviços, com 8.450 trabalhadores.

“Graças a Deus, já estamos sentindo um crescimento, o que é muito estimulador para nós, comerciantes. Mas nós não podemos ser os únicos a batalhar pelo emprego. Esperamos que Tatuí comece a receber mais indústrias, porque isso significa mais trabalho e um giro maior no consumo”, avalia.

A tendência para os próximos meses, partindo do Dia das Mães, é de uma elevação crescente. Lucia explica que a ACE não tem, no momento, como avaliar o percentual de aumento.

Entretanto, afirma que os lojistas já vêm registrando uma alta desde o fim de 2021. “O Dia das Mães é uma data muito forte. E ela vem puxando um crescimento tanto nas visitas como nas vendas”, diz.

Com o fim de decretos regulatórios, as lojas não precisam restringir o número de pessoas em circulação. Na avaliação da presidente, essa e outras mudanças permitem que mais pessoas retomem o hábito de visitar presencialmente o comércio. Na pandemia, as vendas “in loco” diminuíram, dando espaço para o e-commerce, como é conhecido o comércio eletrônico.

Em função disso, muitos empresários migraram os serviços do físico para o virtual, ausentando-se, de certa forma, também da associação. A tendência é de que, com a ocupação dos clientes (voltando a experimentar roupas, calçados, relógios e demais produtos), os lojistas façam o mesmo movimento.

Lucia tem como meta a “refiliação” de, pelo menos, 200 empresários até o fim do mandato dela. A ACE conta, atualmente, com cerca de 300 associados. Para isso, a presidente aposta na estratégia de aproximação entre o lojista e o consumidor.

“O comércio de Tatuí tem esse jeito, peculiar e maravilhoso, de sempre trabalhar a favor do consumidor, batalhando pelo preço e pela qualidade. E isso é o diferencial que vamos explorar daqui para frente para crescer ainda mais”, cita.

Início do Natal

Além de programação extensa, a ACE promete uma campanha ainda maior para o fim do ano. Conforme a presidente, a diretoria já iniciou os trabalhos para a realização de campanha especial de vendas voltadas ao dia 25 de dezembro.

A largada para “a grande corrida” foi dada em abril, quando a associação recebeu empresários para um “café da manhã de negócios”. Na ocasião, a diretoria recepcionou donos de comércio e investidores para trocar experiências.

Os participantes ainda deram sugestões e auxiliaram na montagem do plano de ações. As atividades ainda não foram divulgadas, mas devem estar aprovadas até setembro. Lucia conta que o programa pode começar no mês de outubro.

DEIXE UMA RESPOSTA

entre com sua mensagem
entre com seu nome