Festa da Caridade organizada pelo asilo recebe mais de 30 mil pessoas

421
Publicidade





Evandro Ananias

Resultado da Festa da Caridade deste ano foi muito positivo, segundo presidente do Lar São Vicente de Paulo

 

A 85ª edição da Festa da Caridade foi um “sucesso”, conforme avaliação do presidente do Lar São Vicente de Paulo, Ivan Rezende Ferreira. A expectativa de público de 30 mil pessoas foi superada.

De acordo com Ferreira, o resultado da festa deste ano foi muito positivo e as atrações, muito bem organizadas e “sempre bastante movimentadas”.

Publicidade

O presidente afirmou que ainda não fez o balanço da renda da Festa da Caridade, porém, afirma que a verba será 30% maior que a do ano passado.

Conforme Ferreira, o resultado final da renda demora a sair porque foram muitas atrações envolvidas e ainda faltam realizar alguns “acertos”.

“Tivemos novos grupos, novas atrações, novas barracas. Teve, também, o bingo que foi implantado este ano no salão masculino, que era um espaço ocioso da festa. Isso tudo deu uma renda muito positiva, e o leilão superou as expectativas”, salientou.

O alto número de pessoas na festa deve-se, também, às novas tendas de shows, que fizeram com que as pessoas permanecessem mais tempo no local e consumissem mais, acredita Ferreira.

Conforme ele, não há como apontar um espaço da festa que obteve melhor resultado. Em todos, teria ocorrido uma “crescente, graças ao apoio da comunidade e do envolvimento de voluntários”.

Ferreira comparou a ajuda dos envolvidos na Festa da Caridade com o trabalho de “formiguinhas”. “Foram muitas mãos trabalhando, e a preparação já começou com três meses de antecedência”, comentou. Ferreira agradeceu às paróquias e clubes de serviço que emprestaram estrutura para a montagem da festa.

As dependências do Lar ficaram abertas das 7h às 19h e as tendas externas, até às 20h. Segundo o presidente, durante todo o tempo de festa, não houve nenhum incidente ou ocorrência de confusão.

“Cada líder de grupo, de barraca e das tendas supriam as suas necessidades, são equipes treinadas ali do Lar. As irmãs e os funcionários já estão acostumados com a festa. Então, eles foram os braços direitos, para que o evento fosse 100%”, salientou Ferreira.

Antes da Festa da Caridade, houve missa na capela do asilo, da qual participaram cerca de 300 pessoas.

Na quarta-feira, 18, às 19h, aconteceu missa antecipada para voluntários que não poderiam participar no dia de Corpus Christi.

Este foi o primeiro ano em que aconteceu essa “antecipação”, a qual deve continuar nas edições futuras.

“O pessoal gostou muito, foi um momento em que a maior parte dos voluntários, aqueles que puderam deixar suas tarefas ali no Lar, participaram daquele momento de oração, que é tão importante”, sustentou.

O presidente afirmou que os voluntários e funcionários que participaram da celebração antecipada de Corpus Christi “voltaram mais animados” para dar continuidade à preparação da festa, que foi até as 23h de quarta-feira, 18.

Às 17h de quinta-feira, 19, aconteceu o sorteio de uma moto seminova, modelo Amazonas, 250 cilindradas, ano 2007, modelo 2008. O ganhador foi Edson José Perin, morador de Cerquilho. A realização do sorteio ficou por conta do doador do veículo, Walter Goellner.

Ferreira contou que o ganhador da motocicleta afirmou que tentará mobilizar a população de Cerquilho para colaborar com o Lar. “Ele já se propôs a fazer uma doação, que ele falou que é surpresa. Portanto, vai ser mais um colaborador para o asilo”.

Houve, durante a tarde, um bingo com prendas e premiações diferentes, conseguidas por meio da ACE (Associação Comercial e Empresarial) junto ao comércio da cidade.

De acordo com Ferreira, a ACE conseguiu um número “expressivo” de brindes, que somaram mais de cem. Ele afirmou que os participantes do evento aprovaram a brincadeira e que “muitos pediram continuidade ano que vem”.

Ferreira agradeceu à diretoria, as Irmãs da Providência, funcionários, voluntários, Prefeitura e GCM (Guarda Civil Municipal), que colaboraram com a preparação, execução e divulgação da Festa da Caridade.

“Quero agradecer todas as pessoas que participaram da festa, que doaram presentes, um quilo de alimento, que compraram bolinho de frango ou ajudaram o dia todo. Todas as pessoas são importantes para o Lar. A gente costuma dizer que o asilo é da comunidade, é uma entidade aberta a todos. Então, temos que agradecer todos que apoiaram”, finalizou.

Tradição

O evento, realizado há 84 anos no Lar São Vicente de Paulo em comemoração a Corpus Christi, é aberto e recebe público da cidade e região.

A Festa da Caridade conta com eventos religiosos e festivos e é a maior fonte de renda para a manutenção do asilo, que abriga 85 assistidos e 53 funcionários.

O evento na sede da entidade aconteceu após a procissão do Santíssimo Sacramento, que saiu da Praça da Matriz e percorreu 1.400 metros até chegar à festa.

A Festa da Caridade mobiliza boa parte da cidade, e é possível que todos ajudem, tanto comerciantes como a população em geral.

“É uma mobilização de Tatuí e de toda a região, como Capela do Alto, Cesário Lange, Guareí, Iperó, Pereiras, Porangaba e Torre de Pedra”, observou o presidente.


Publicidade