‘Festa da Caridade’ acontece nesta quinta-feira no asilo São Vicente

Após dois anos, tradicional festividade é retomada com 800 voluntários

Asilo de Tatuí volta a realizar a Festa da Caridade
Da redação

Nesta quinta-feira, 16, feriado de Corpus Christi, o Lar São Vicente de Paulo de Tatuí promove a tradicional Festa da Caridade. Espera-se que pelo menos 30 mil pessoas de Tatuí e região participem da 92ª edição do evento.

A montagem das barracas já havia começado na terça-feira, 14. Segundo o presidente da entidade, Miguel Nunes Júnior, a expectativa para a edição deste ano é grande.

“Após dois anos, a festa está de volta. Tenho notado as pessoas animadas. Os 63 moradores do asilo estão empolgados. É um momento que eles aguardam com ansiedade e carinho”, comentou Nunes Júnior.

Ele frisou, também, que os moradores participarão da festa em um lugar isolado do público, por conta da Covid-19. “A área de convívio e os dormitórios dos internos não poderão ser acessados pela população, sem controle. Nesse dia, não será permitida, inclusive, a visitação.”

As festividades envolverão 800 voluntários, de 30 grupos, que participarão da confecção e venda dos quitutes.

“Estamos começando a preparação das carnes dos recheios de pastéis. Os pernis estão temperados, aguardando chegar a hora para serem assados. Alguns quitutes de milho serão preparados na madrugada que antecede à festa”, explicou.

Entre as opções, haverá 10 mil salgados, como pastéis de diversos sabores, bolinhos de frango e bacalhau, acarajé, 3.000 pizzas variadas, 5.000 lanches de pernil, 5.000 espetos de churrasco. “Desde sexta (10), o trabalho tem sido intenso por aqui”, contou Nunes Júnior.

Entre as novidades para este ano, está o fato de que a organização reforçará o número de barracas dos alimentos mais vendidos, como pizzas e lanches. Serão 30. O número maior de pontos de venda deve diminuir as filas e a espera pelos pedidos.

A programação começa às 9h, com missa na Praça da Matriz. Após a celebração religiosa, às 10h30, acontece a procissão ao Asilo, que percorrerá o trajeto entre a Igreja Matriz e a entidade.

O término da romaria está previsto para as 11h, quando começam as vendas de quitutes no pátio do Lar e na rua Professor Francisco Pereira de Almeida. As festividades terminam às 18h.

O Lar estima público parecido com o que alcançou na edição anterior. Em 2019, houve venda e distribuição de ingressos. Sem cobrar dos menores de 15 anos e da população que participou da procissão, a festa quantificou mais de 11 mil pagantes entre o público de cerca de 15 mil pessoas.

DEIXE UMA RESPOSTA

entre com sua mensagem
entre com seu nome