Emenda de Guiga Peixoto direciona equipamentos a conselho tatuiano

Ação visa atendimento de pessoas idosas, assegurando direitos e defesa

Governo Federal destinou R$ 4,5 milhões, provenientes de emenda parlamentar do deputado Guiga Peixoto (foto: Alessandro Bosso)
Da redação

No sábado, 11, em Boituva, o Conselho Municipal dos Direitos da Pessoas Idosa de Tatuí (CMDPI) recebeu do governo federal, por emenda parlamentar do deputado federal Guiga Peixoto (PSC), um kit composto por um veículo Fiat Pulse zero quilômetro, três computadores, uma impressora, uma TV, um bebedouro e um projetor. Os equipamentos correspondem a investimento estimado em R$ 110 mil.

A entrega teve presença de diversas autoridades, entre elas, a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MFDH), Cristiane Rodrigues Britto, o secretário nacional da Promoção e Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa (PDDPI), Antônio Costa, o deputado federal Guiga Peixoto, a ex-ministra Damares Alves, o secretário municipal da Assistência e Desenvolvimento Social, Alessandro Bosso, os vereadores tatuianos Micheli Cristina Tosta Gibin Vaz (PP) e Fábio Antonio Villa Nova (PP), o gestor municipal da Assistência Social, Claudio Batista Bertolacini, o assessor da Secretaria Municipal de Direitos Humanos, Família e Cidadania, Wilian Alexandre Nunes da Silva, e Célia Holtz, conselheira do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoas Idosa de Tatuí.

Para a ministra Cristiane, a entrega dos veículos é simbólico para todo o Brasil. “Estamos chegando aos municípios mais longínquos com essas medidas”, afirmou ela. “Não há como mensurar o valor das vidas destas pessoas que serão protegidas pelo fortalecimento dos conselhos municipais e aperfeiçoamento de políticas públicas que protegem as pessoas da terceira idade”, acrescentou.

Segundo a ministra, a ação integra o Programa de Equipagem e de Modernização da Infraestrutura dos Órgãos, das Entidades e das Instâncias Colegiadas de Promoção e de Defesa dos Direitos Humanos (Pró-DH), que irá entregar 854 carros em todo o país até o final de 2022. O investimento ultrapassa R$ 4 milhões.

Os demais municípios que também receberam o kit são Alambari, Araçoiaba da Serra, Boituva, Capela do Alto, Iperó, São Miguel Arcanjo, Sarapuí, Sorocaba, Tietê, Agudos, Brotas, Cabreúva, Capão Bonito, Itararé, Laranjal Paulista, Lençóis Paulista, Pirassununga, Rio das Pedras, Analândia, Angatuba, Barretos, Bofete, Buri, Conchas, Elias Fausto, Embu-Guaçu, Guapiara, Guareí, Ipaussu, Mombuca, Monte Alto, Monte Azul Paulista, Pardinho, Pereiras, Pirapora do Bom Jesus, Quadra, Ribeirão Grande, Santa Bárbara d’Oeste, Santa Isabele São Pedro.

Junho Violeta

O evento marcou o início da campanha Junho Violeta, referente ao dia 15 de junho, data em que é celebrado o Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa, alertando para a responsabilidade de cada pessoa na construção de uma sociedade que respeite e garanta os direitos dos que têm 60 anos de idade ou mais. Na ocasião, Guiga Peixoto afirmou que “este mês alerta para a responsabilidade de cada um na construção de uma sociedade que respeite e garanta os direitos das pessoas da terceira idade”.

Para celebrar a data, em Tatuí, haverá a Caminhada de Mobilização, com início às 9h, na praça Olívio Junqueira (chafariz da Avenida das Mangueiras), seguindo até a Praça da Matriz.

Para o local, estão programadas diversas apresentações artísticas neste dia 15, entre elas, o Coral do Projeto Envelhecer com Qualidade de Vida, do Fundo Social de Solidariedade de Tatuí (Fusstat), o Grupo Seresteiros com Ternura, o Grupo de Dança Sênior do Longevitá, a instituição particular Centro Dia 60+ e um musical dos alunos da Emef “Prof. Alan Alves Araújo”.

Além disso, a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoas Idosa de Tatuí, Claudia Fagundes, confirmou que o órgão, juntamente com a equipe do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), realizará palestras informativas nas escolas municipais e nas unidades básicas de saúde (UBS).

“Faremos este trabalho no decorrer do ano. Este mês será apenas uma abertura para as demais ações que acontecerão em conjunto com a prefeitura, com datas a serem agendadas ainda”, antecipou Cláudia.

Ela enfatizou, também, a importância das denúncias ao se saber de casos de violações de direitos das pessoas idosas. Segundo ela, além dos canais nacionais mantidos pelo governo federal, como o Disque 100, o aplicativo Direitos Humanos e o Telegram Direitos Humanos Brasil, há as delegacias especializadas, o Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa (CEDPI), os Conselhos Municipais e o Ministério Público.

O CMI de Tatuí está à disposição para qualquer informação e se reúne todas as primeiras quartas-feiras do mês, às 9h, na sala dos conselhos, que fica na secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, na avenida Senador Laurindo Dias Minhoto, 310, na vila Dr. Laurindo.

DEIXE UMA RESPOSTA

entre com sua mensagem
entre com seu nome