Equipe de Thyago Vieira estreia na temporada 2021 de beisebol na 6ª

193
Tatuiano Thyago Vieira irá iniciar a segunda temporada dele no Japão (foto: Instagram do atleta)
Da redação

Na próxima sexta-feira, 26, o Yomiuri Giants – equipe japonesa de beisebol defendida pelo atleta tatuiano Thyago Vieira – estreará pela Liga Central da NPB (Nippon Professional Baseball). Campeão no ano passado, o time iniciará a caminhada em busca de mais um título da conferência.

A Liga Central é formada por seis agremiações. Além do Yomiuri Giants, ainda competem Chunichi Dragons, Hanshin Tigers, Hiroshima Toyo Carp, Tokyo Yakult Swallows e o Yokohama BayStars.

A equipe do tatuiano fará as três primeiras partidas, na sexta-feira, sábado e domingo, dias 26, 27 e 28, contra o Yokohama BayStars. Na semana seguinte, entre 30 de março e 1º de abril, enfrentará o Chunichi Dragons três vezes, além de três jogos contra o Tokyo Yakult Swallows, de 2 a 4 abril.

Ao todo, cada equipe da liga realizará 143 partidas pela temporada regular. Entre o início da temporada, nesta semana, e o término, agendado para o dia 16 de outubro, serão pouco mais de seis meses de disputadas. Em 204 dias, cada time terá uma média de um jogo a cada 34 horas.

Ao término da temporada regular, somente os líderes das ligas Central e do Pacífico se classificarão diretamente às semifinais da “Japan Series”. Os adversários deles serão definidos em confrontos eliminatórios entre os segundos e terceiros colocados das duas ligas.

Posteriormente, as quatro agremiações disputarão as semifinais e, depois, as finais da Japan Series. Os times disputam os “play-offs”, em melhor de sete partidas, para definir o campeão da temporada 2021 da NPB.

Antes do início da Liga Central, a equipe de Vieira concluiu a etapa de preparação no domingo, 21. A pré-temporada foi disputada por 12 agremiações, sendo os seis times da Liga Central, e os seis, da Liga do Pacífico.

O Yomiuri Giants iniciou a fase preparatória, no dia 3 de março, com derrota, por 6 a 1, contra o Tokyo Yakult Swallows, e encerrou com um triunfo, no domingo, 21, sobre o Tohoku Rakuten Gold Eagles, pelo placar de 8 a 4.

Entre os 12 participantes, o time de Vieira ficou com sétima colocação. Em 14 partidas, o Yomiuri Giants venceu seis jogos, empatou um e perdeu sete, alcançando porcentagem de triunfos de 0,464%. O título ficou com o Hanshin Tigers, com nove vitórias, dois empates e dois reveses, obtendo porcentagem de vitórias 0,769% em 13 confrontos.

A porcentagem de vitórias no beisebol é calculada entre o número de vitórias da equipe, dividido pela soma do número de vitórias e derrotas, além do acréscimo percentual de empates, conforme o número de jogos realizados. Desta forma, para alcançar a porcentagem máxima de 1, a agremiação tem de vencer todas as partidas que disputar.

Temporada 2020

Quarto atleta nascido no Brasil a atuar na MLB (Major League Baseball), Vieira deixou a liga norte-americana da modalidade em dezembro de 2019, quando defendia o Chicago White Sox. A apresentação dele no Yomiuri Giants aconteceu no fim de janeiro do ano passado, ao som da canção infantil “Baby Shark”.

Desde então, o tatuiano participou somente de treinos e partidas amistosas. A temporada de 2020 começaria no dia 20 de março, mas, devido à pandemia, os organizadores adiaram a abertura para 24 de abril. Contudo, o início do campeonato foi novamente suspenso e só começou em 19 de junho.

Devido ao atraso de cerca de três meses, a temporada regular da competição japonesa foi mais curta. No lugar dos 143 jogos ao longo do ano, cada equipe fez 120 partidas na temporada regular.

O empate por 3 a 3 com o Tokyo Yakult Swallows, em partida realizada no dia 30 de outubro, garantiu ao Yomiuri Giants, o título da Liga Central da NPB, com sete jogos de antecipação.

Na ocasião, o tatuiano participou da décima entrada da partida, eliminando dois adversários e sendo o responsável por arremessar a última bola do confronto, garantindo a igualdade no placar. O jogador rival não conseguiu rebater a bola arremessada por Vieira a 163 quilômetros por hora.

Com o empate, nenhuma das equipes adversárias conseguiria, ao menos, igualar a campanha do Yomiuri Giants na Liga Central, apesar de, naquele momento, restarem sete partidas para a conclusão da temporada regular. A equipe é a maior vencedora da Liga Central da NPB, com 38 títulos, sendo 20 vezes campeã da Japan Series.

Ao término da temporada regular, o time defendido pelo atleta tatuiano ficou com a liderança da Liga Central, com 67 vitórias, 8 empates e 45 derrotas em 120 partidas, alcançando porcentagem de triunfos de 0,598%.

Após 120 jogos, avançariam às quartas de final da Japan Series, pela Liga Central, o segundo colocado, Hanshin Tigers, com 60 vitórias, 7 empates e 53 derrotas, e o terceiro colocado, Chunichi Dragons, com 60 triunfos, 5 empates e 55 reveses.

A classificação da temporada regular da Liga Central ainda apresentou as agremiações Yokohama BayStars, Hiroshima Toyo Carp e Tokyo Yakult Swallows, na quarta, quinta e sexta colocações, respectivamente.

Já na Liga do Pacífico, a primeira posição ficou com a equipe Fukuoka SoftBank Hawks, de maneira isolada, pois a agremiação completou a temporada regular com campanha de 73 vitórias, 5 empates e 42 derrotas nos 120 confrontos. A porcentagem de vitórias foi de 0,635%, superior à do Yomiuri Giants.

O segundo lugar foi ocupado pelo Chiba Lotte Marines que tivera 60 triunfos, 3 empates e 57 reveses. Pouco depois, na terceira posição, ficou o Saitama Seibu Lions, que conseguira 58 vitórias, 4 empates e 58 derrotas.

A agremiação Tohoku Rakuten Golden Eagles figura na quarta colocação, à frente do Hokkaido Nippon-Ham Fighters e do Orix Buffaloes, que ocupou a “lanterna” da Liga do Pacífico.

Em virtude da Covid-19, a fase eliminatória da Liga Central não foi disputada, classificando o Yomiuri Giants diretamente à decisão da Japan Series. Já na Liga do Pacífico, o Fukuoka SoftBank Hawks venceu o Chiba Lotte Marines, em duas partidas, avançando à finalíssima.

A final da Japan Series aconteceu em quatro confrontos, entre os dias 21 e 25 de novembro do ano passado. O Fukuoka SoftBank Hawks foi campeão com quatro vitórias, por 5 a 1, 13 a 2, 4 a 0 e 4 a 1, deixando a equipe de Vieira com o vice-campeonato da NPB.