Curva de contaminação pela Covid tem redução de 15%, em 96 horas

Saúde registra 32 novos casos e 1 morte pela doença nos 4 dias recentes

0
Publicidade
Da redação

A curva de contaminação causada pela Covid-19 voltou a cair no início de mais uma semana, entre sábado, 21, e esta terça-feira, 24. Já o índice de mortes pela doença permaneceu estável no período, na comparação com o começo da semana anterior.

Conforme balanço feito com base nos dados divulgados diariamente pela Vigilância Epidemiológica, nas 96 horas recentes, o município confirmou seis exames positivos a menos que no período anterior (de 14 a 17 de agosto).

O número representa queda de 15,78% no início desta semana, com 32 casos confirmados em quatro dias, contra 38 no mesmo período da semana passada.

Pelo balanço, a média de diagnósticos entre sexta-feira e terça-feira ficou em oito infectados por dia – cerca de um caso a cada três horas. No atual período, o município registrou 453 notificações da doença, confirmou 32 e descartou 427.

No mesmo período (21 a 24 de agosto), o órgão da Secretaria de Saúde confirmou uma vítima fatal da doença – mesmo número registrado nos quatro dias da semana anterior (14 a 17 de agosto).

Publicidade

O óbito foi confirmado na manhã de sábado, 21, referente a uma mulher de 63 anos. A paciente estava internada na unidade de terapia intensiva da Santa Casa de Misericórdia, onde faleceu na sexta-feira, 20, às 8h20.

Até a divulgação do boletim mais recente, atualizado na manhã de terça-feira, o município somava 72.036 notificações da doença, sendo dez casos suspeitos aguardando resultado dos testes, 53.974 descartados e 18.052 positivos.

Dos confirmados, 17.577 pacientes já estavam recuperados (97,3%), 448 morreram e 27 ainda seguiam em tratamento: seis em hospitais e 21 em isolamento domiciliar. Dos casos suspeitos, dez permaneciam em tratamento: dois em hospitais e oito em casa.

Na Santa Casa, onde a UTI tem capacidade para 15 leitos, estavam internados quatro pacientes na terça-feira (taxa de ocupação de 26%). Já os leitos clínicos têm capacidade para 22 pacientes e estavam internados três nessa área (ocupação de 13%).

No hospital particular, seguiam internados dois pacientes, ambos na ala de leitos clínicos reservados ao tratamento de pacientes com suspeita ou exames positivos para a Covid-19, com quadros de saúde estáveis.

Fechamento dos leitos

Com a queda no número de internações em decorrência da Covid-19, a Santa Casa fechou na sexta-feira, 20, a segunda ala clínica destinada ao tratamento da doença, aberta de forma emergencial em março deste ano.

O fechamento dos leitos extras foi anunciado pela assessoria de comunicação da prefeitura de Tatuí na noite desse dia, por meio de nota à imprensa. O órgão ainda divulgou um vídeo com os profissionais de saúde desativando os aparelhos.

No material, a assessoria classifica a queda como resultado da abrangência da campanha de vacinação no município, que já ultrapassou 70% da população vacinada com pelo menos uma dose de imunizante contra a doença.

Na segunda-feira, 23, a Vigilância Epidemiológica, deu início à imunização de um novo público-alvo. O município está vacinando adolescentes a partir de 12 anos completos com comorbidades e/ou deficiências, grávidas e puérperas.

Com a inclusão da nova faixa etária, até a manhã de terça-feira, a VE já havia aplicado 128.674 doses das vacinas Butantan/Coronavac, Fiocruz/AstraZeneca, Biontech/Pfizer e Janssen, das quais 87.502 são referentes à primeira dose, 38.080, à segunda e 3.092 à dose única.

A vacinação para este público continua nesta quarta-feira, 25. As doses são aplicadas em sistema drive-thru somente no estacionamento da nova prefeitura, em frente à UPA, das 8h às 17h. Os pedestres podem receber a imunização na Emef “João Florêncio”, centro, das 8h às 16h.

Para as pessoas dentro da faixa etária, no momento da vacinação, é necessário estar com um responsável ou apresentar termo de responsabilidade preenchido pelos pais ou responsáveis. O documento pode ser baixado no site da prefeitura.

Para as jovens gestantes e puérperas, é necessário apresentar a carteirinha de pré-natal ou a certidão de nascimento do bebê, além de documento de identificação com foto, cartão SUS e comprovante de endereço de Tatuí.

A segunda dose está sendo aplicada em todos os que receberam a primeira, respeitando a data agendada na carteirinha de vacinação.

“Nosso pesar pelos falecidos e nossas orações para as famílias. Há esperança, e ela vem com a vacina no braço”, comunica a nota, finalizada com uma parabenização aos profissionais de saúde que estão na linha de frente do combate à pandemia no município.

Publicidade