Condephaat de Tatuí realiza conferência sobre patrimônio

1133
Fernanda ministrará palestra sobre conservação de patrimônio (foto: AI Prefeitura)

“Aspectos imprescindíveis para a compreensão do conceito de patrimônio como valor cultural”. Este é o primeiro de vários aspectos a serem discutidos pelo Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico) de Tatuí em palestra programada para o dia 28.

A conferência será ministrada pela arquiteta restauradora Fernanda Craveiro Cunha, no teatro do CEU (Centro de Artes e Esportes Unificados) “Fotógrafo Victor Hugo da Costa Pires”, e é resultado de ação colaborativa entre o órgão local e a Secretaria Municipal de Esporte, Cultura, Turismo e Juventude.

O evento tem início às 19h e abordará desde as discussões iniciadas no século 18 a respeito de conservação de patrimônio, até as mais atuais concepções. Trará, ainda, a importância do conhecimento técnico na preservação e salvaguarda do patrimônio através da apresentação de estudos de caso e dos princípios preservacionistas reconhecidos nacional e internacionalmente.

Por meio de nota enviada à imprensa, a presidente do Condephaat, Maíra Barros, afirmou ser fundamental que os membros do conselho, e a comunidade local, aprofundem conhecimentos sobre o que representa o patrimônio cultural.

“Para tanto, promoveremos ao longo do ano palestras e bate-papos com especialistas que atuam no segmento cultural, com o objetivo de que conselho e população tenham verdadeira ciência da importância de preservar e proteger os bens materiais e imateriais pertencentes à nossa cultura”, ressaltou.

A condutora da conversa é formada em arquitetura e urbanismo pela FAU (Faculdade de Arquitetura e Urbanismo), da USP (Universidade de São Paulo), em 2006.

Fernanda é também especialista em conservação preventiva pelo IPCE (Instituto del Patrimonio Histórico Español de Madrid) e pós-graduada em gestão de obras de restauro pelo Ceci/UPFE (Centro de Estudos Avançados da Conservação Integrada) e mestre em planejamento e tecnologia com ênfase em tecnologia de construção de edifícios pelo IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas).

Atua na área de preservação do patrimônio edificado desde 2004, tendo passado por diversas empresas na Espanha e participado de elaboração do Plano Diretor de Madrid.

É professora convidada do curso gestão de obras de restauro pelo Ceci e autora do livro “Pedra Fingida: protagonista invisível do centro de São Paulo”, publicado em 2017 pela Refúgios Urbanos e GAPS Editora.

O CEU das Artes está situado na rua Ana Rosa Monteiro, 475, na vila Santa Helena. Mais informações sobre a palestra são fornecidas pelo telefone: (15) 3259-5340.