“Entre Lâminas e Pincéis” no P. Setúbal

911
Público poderá visitar a exposição no museu Paulo Setúbal, a partir do dia 3, de terça a domingo, das 9h às 17h (foto: AI Prefeitura)

O MHPS (Museu Histórico “Paulo Setúbal”) realizará no dia 2 de março, uma sexta-feira, às 19h, a abertura oficial da exposição “Entre Lâminas e Pincéis”. A mostra é assinada pelo médico e artista plástico José Carlos Cupperi.

A exposição é formada por desenhos, dobraduras, recortes e aplicações. Os trabalhos apresentam equilíbrio entre as cores e as formas nos painéis e telas que há dois anos Cupperi vem reproduzindo para compô-los. Essas obras tiveram início em papel sulfite branco e passaram para o papel espelho colorido.

Há 12 anos desenvolvendo a técnica da dobradura e recorte, Cupperi reuniu milhares de tiras de diferentes formas entre si. O artista contabiliza em acervo pessoal mais de 3.500 crucifixos recortados, com características diferentes um do outro.

O artista desenvolveu o olhar aguçado para a delicadeza do recorte desde criança. Quando pequeno, teve apreço pela arte portuguesa, utilizada pela avó materna, Maria Joana, para enfeitar as prateleiras dos armários e cristaleiras.

Com o passar dos anos, o interesse pela reprodução da técnica foi aumentando e tomando forma e, de um único plano, o artista desenvolveu habilidades para traçar mais. A intenção era utilizar sempre um mesmo recorte, com bisturi, estilete e tesoura. O resultado é a produção de centenas de formas distintas.

A partir do desenvolvimento, Cupperi passou a colar as diversas formas em um mesmo papel, formatando uma única obra. A proposta é equilibrar as cores e os formatos, gerando obras “que criam sentimentos dos mais diversos a quem as apreciam e que podem servir para compor os mais diversos ambientes”.

O público poderá conhecer a exposição, gratuitamente, entre os dias 3 de março e 6 de maio. As visitas acontecem de terça-feira a domingo, das 9h às 17h, no Espaço de Exposições Temporárias do museu, situado na praça Manoel Guedes, 98, no centro. Mais informações são oferecidas pelo telefone (15) 3251-4969.

O artista

José Carlos Cupperi é médico formado pela Universidade Federal do Paraná. Antes mesmo de ingressar na faculdade, ele já se interessava pela pintura.

O artista pintou o primeiro quadro, em 1965, de forma autodidata. Essa característica, o levou a desenvolver diversas técnicas e, posteriormente, o incentivaram a ir à especialização em cirurgia plástica no Rio de Janeiro, na década de 70.

Durante anos, Cupperi teve como principal técnica o óleo sobre tela. No final da década de 90, por passatempo, iniciou o trabalho com os recortes de papéis.

Com essa técnica, começou a recortar e usar as formas para desenhar joias e centenas de crucifixos, os quais denotam a extrema religiosidade do artista.

Em 2015, Cupperi sofreu um aneurisma e ficou em estado grave. Ao se recuperar, voltou ao ateliê e passou a juntar as técnicas de recorte de papel usando tesoura e bisturi com a pintura de óleo sobre tela. Mais tarde, criou a coleção.