Câmara mantém funcionamento com restrições por mais 15 dias

287
Parlamentares seguem sem a presença de público no plenário da Casa de Leis
Publicidade
Da reportagem

A Câmara Municipal continuará realizando as sessões ordinárias pelo SDR (sistema de deliberação remota) por mais dos encontros virtuais. Desta forma, o Legislativo mantém o funcionamento com restrições, pelo menos, até o final do mês.

Durante a reunião parlamentar de segunda-feira, 15, o presidente da Casa de Leis, Antônio Marcos de Abreu (PSDB) confirmou a prorrogação da resolução 4/20, de autoria da mesa diretora. O prazo, que seria encerrado no primeiro dia útil desta semana, acabou sendo estendido até o dia 30, uma terça-feira.

Desta forma, as reuniões entre os parlamentares seguem sem a presença de público no plenário da Casa de Leis. No entanto, as sessões continuam sendo transmitidas através da TV Câmara, acessando-se o site oficial do Poder Legislativo, pelo link: www.camaratatui.sp.gov.br.

Durante esse período, o expediente da Câmara segue das 9h às 12h e das 13h às 17h. No caso de atividades que não possam ser remotamente realizadas pelos servidores, é adotado o revezamento.

Já os servidores com mais de 60 anos ou aqueles que se enquadram em grupos de risco estão executando as atividades profissionais nas respectivas residências.

Publicidade

A direção administrativa informa que permanecem válidas também as disposições do ato 09/2020, sobre os procedimentos e regras para fins de prevenção à infecção e à propagação da Covid-19 na Câmara Municipal.

Abreu reforça que o funcionamento da Casa de Leis continuará da mesma forma. Segundo ele, “é difícil retomar o atendimento presencial, pois pode acabar gerando aglomerações. Hoje, os vereadores podem atender à população pelo telefone, e-mail ou em redes sociais”, argumentou.

O presidente ainda reforçou o pedido para que a população continue se prevenindo ao novo coronavírus, utilizando máscaras de proteção, álcool em gel e com o distanciamento mínimo, caso não possa ficar em casa.

“Não é porque o comércio está aberto que todos têm de ir às compras. Se a pessoa precisar de algo, é importante ir ao comércio e voltar para casa o mais rápido possível, tomando os devidos cuidados”, concluiu Abreu.

Publicidade