“Basquete Tatuí” retoma o caminho das vitórias no Paulista da 1ª Divisão

Partida marcou o retorno do público em partidas da equipe profissional

13
Após cronômetro ‘zerar’, os jogadores celebraram a reabilitação na competição estadual (foto:  divulgação Basquete Tatuí)
Da redação

Após perder os 100% de aproveitamento no Campeonato Paulista Masculino da 1ª Divisão na rodada anterior, o Grupo BT/Clube de Campo/Tatuí conseguiu se reabilitar na partida seguinte, disputada nesta terça-feira, 19.

O “Basquete Tatuí” recebeu a LSB no Ginásio “Manoel Soares”, do Clube de Campo, em partida iniciada às 11h e que estendeu até às 12h45, e terminou vencendo pelo placar de 55 a 51.

O jogo marcou o retorno do público em partidas oficiais do Basquete Tatuí. Nesta terça-feira, 19, os torcedores puderam ocupar até 30% da capacidade máxima do ginásio campestre. A última vez em que o time havia jogado com a presença de torcedores fora em dezembro de 2019.

A equipe local estreou no torneio, promovido pela FPB (Federação Paulista de Basketball), em 25 de setembro, derrotando o FR/Semelp Pindamonhangaba por 78 a 53. Na semana seguinte, no Clube de Campo, os tatuianos venceram, por 88 a 59, o América/Unirp/Smel Rio Preto.

Na partida anterior, dia 7 de outubro, o time profissional do município viajou a Assis para enfrentar o Webby Basquete Assis/LBC, no Ginásio Municipal “Jairo Ferreira dos Santos”, o “Jairão”, e retornou derrotado por 90 a 62.

Com a terceira vitória em quatro partidas, o Basquete Tatuí se garantiu na vice-liderança da competição. Neste momento,a classificação apresenta o Webby Basquete Assis/LBC na liderança, o FR/Semelp Pindamonhangaba na terceira posição, a LSB na quarta e o América/Unirp/Smel Rio Preto na “lanterna”.

A equipe profissional de basquete do município tenta o tricampeonato consecutivo. Tanto em 2019 como em 2020, o time conquistou os títulos, de forma invicta, e o direito de participar da “elite estadual” no ano seguinte.

Para esta competição, o elenco do Basquete Tatuí é formado por: Anderson, Cesomar, Elivelton dos Santos, Emanuel Cardoso, Felipe Souza, Felipe Taddei, Juliano Armani, Luiz Marcelino, Luiz Muller, Neemias de Jesus, Paulo e William Drudi.