Aumenta o número de casos positivos de H1N1 em Tatuí

3245
Interessados em tomar a vacina devem ir à UBS mais próxima de onde mora (foto: AI Prefeitura)
Publicidade

Nesta quinta-feira, 5, foram confirmados mais cinco casos positivos de Influenza A H1N1 em Tatuí, subindo para sete o número de pessoas infectadas.

Segundo relatório da Vigilância Epidemiológica, da Secretaria Municipal de Saúde, os casos envolvem uma mulher de 66 anos, que foi a óbito em um hospital de Sorocaba; uma criança de três anos, que ainda continua hospitalizada e, segundo informações de familiares, está apresentando boa evolução do caso; e uma mulher de 41 anos, que está hospitalizada em uma unidade de terapia intensiva (UTI), em Tatuí, com quadro estável.

Também há mais quatro casos, cujos acometidos pela gripe já se encontram em bom estado de saúde, tendo retornado às atividades normais.

Entre estes, há uma criança de seis anos, uma mulher de 70 anos, uma mulher de 46 anos e um homem de 96 anos, que fora notificado pelo Hospital Santa Catarina, de São Paulo.

Tatuí, segundo a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, enfermeira Rosana Oliveira, está disponibilizando as vacinas contra o Influenza nas unidades básicas de saúde. “Esta é a melhor maneira de se prevenir contra a Influenza: se vacinando anualmente”, ressaltou a profissional.

Publicidade

Os interessados em tomar a vacina devem ir à unidade básica de saúde (UBS) mais próxima de sua residência. As doses são aplicadas de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 16h, com exceção das unidades Santa Cruz, Congonhal e Mirandas, que funcionam das 8h às 13h.

Para receber a dose, é necessário apresentar a carteira de vacinação ou um documento de identidade. Mais informações pelo telefone: (15) 3259-6358 ou 3259-1564.

Medidas preventivas

Embora a vacinação seja a melhor maneira de se prevenir, há outras medidas que podem auxiliar, como: cobrir o nariz e a boca quando espirrar ou tossir; higienizar frequentemente as mãos; evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca; utilizar lenços descartáveis para a higiene nasal; manter os ambientes bem ventilados; não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas; evitar aglomerações e ambientes fechados; evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas do Influenza; e manter uma alimentação balanceada, com bastante ingestão de líquidos.

Publicidade