12 cachorros de protetora ainda aguardam por novos ‘tutores’

232
Publicidade





No início deste mês, a protetora de animais Maria do Rosário Campos faleceu e acabou deixando os 16 cachorros dela sozinhos. Após a publicação de reportagem em O Progresso, quatro cães foram adotados, mas ainda faltam 12.

Os únicos dois filhos da protetora de animais, Diego da Silva Bueno e Ana Lúcia Campos, moram em Portugal há 12 anos e vieram para Tatuí por conta da morte da mãe, mas precisam voltar para o país europeu ainda em junho.

Antes de partirem, os dois afirmam que querem encontrar pessoas dispostas a cuidarem dos cachorros que eram tratados pela mãe. Na casa, há animais idosos, mancos e até um cego, os quais foram abandonados na rua.

Ana Lúcia reforça que não quer que os cachorros da mãe sofram: “Ela foi a companhia deles até o último dia de sua vida. Antes de morrer, ela já estava procurando um lugar para os cachorros ficarem. O que não podemos fazer, agora, é abandoná-los de novo”.

Publicidade

Para aqueles que puderem ajudar ou que conhecem alguém que possa contribuir, os dois filhos de Maria do Rosário pedem que liguem para o telefone 99706-7241.


Publicidade