“Degustação” de merenda é programada pela Educação

    Evento ainda sem data marcará adoção de novo cardápio

    0
    330
    Publicidade
    Eletrofer
    Della Nonna
    Alessandra Bonilha, dra
    Bendita Filo
    Coplaspel
    EleService institucional
    Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

    A Secretaria Municipal de Educação realizará, em data ainda a ser definida, degustação de merenda escolar. O evento marca a adoção de novo cardápio a ser oferecido aos alunos do ensino infantil e fundamental, sob responsabilidade da Prefeitura.

    De acordo com o secretário municipal do Governo, Luiz Gonzaga Vieira de Camargo, a degustação será direcionada aos pais e professores das unidades, com participação da prefeita Maria José Vieira de Camargo. “Houve uma modificação no cardápio a pedido da prefeita, que está conduzindo tudo”, contou Gonzaga.

    Serão convidados a acompanhar a experiência os membros do CAE (Conselho de Alimentação Escolar). O órgão foi criado em setembro de 2005 e tem como finalidade assessorar a Prefeitura na execução do programa de assistência e educação alimentar, junto às unidades escolares municipais.

    Uma das atribuições do CAE é realizar estudos a respeito dos hábitos alimentares locais, considerando-os na elaboração dos cardápios para a merenda escolar. O órgão é composto por um representante da Prefeitura, um da Câmara Municipal, dois professores e um funcionário da empresa responsável pelo serviço.

    Em Tatuí, a merenda escolar é fornecida pela Nutriplus Alimentos, vencedora de licitação. “No final do ano passado, a Prefeitura realizou processo licitatório, e quem venceu foi a Nutriplus. A empresa permanece”, informou o secretário.

    Publicidade
    EleService institucional
    Bendita Filo
    Della Nonna
    Eletrofer
    Coplaspel
    Alessandra Bonilha, dra

    O contrato é de um ano, sendo firmado no valor de R$ 12,7 milhões, para o fornecimento de 23.155 refeições por dia. Os números incluem alunos das redes municipal e estadual atendidos pelo serviço, com o valor “global” de R$ 2,74 por refeição.

    O cálculo constado em edital leva em consideração os dias letivos e o número de alunos matriculados nas unidades da Prefeitura e os mantidos pelo governo do Estado. Somente o Executivo atende a 14.221 alunos, conforme descritivo anexado ao edital de abertura da licitação.

    Os estudantes da rede municipal estão divididos em unidades de educação infantil (951), creches (3.315), emefs (escolas municipais de ensino fundamental – 9.157) e escolas de campo, como são chamados os prédios da zona rural (798 alunos).

    A Prefeitura possui 11 pré-escolas, 27 creches, 18 Emefs e 19 escolas de campo. Já o Estado tem nove unidades na cidade, que necessitam de 8.428 refeições por dia.

    O anexo preparado pela Secretaria Municipal da Educação inclui o alunado da Etec (Escola Técnica) “Sales Gomes” e da Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais). A primeira serve 302 refeições e a segunda, 204 por dia.

    Considerando os 200 dias do ano letivo, as unidades servem 4,6 milhões de refeições no ano. O número pode ser maior, uma vez que as creches municipais funcionam em períodos diferenciados, permanecendo mais tempo abertas.

    A qualidade do serviço oferecido pela Nutriplus chegou a ser questionada por vereadores no ano passado. Em maio de 2017, eles aventaram a criação de uma comissão para avaliar queixas apresentadas a eles, atribuídas a pais e familiares de crianças que frequentavam creches, pré-escolas e unidades de ensino fundamental.

    Na ocasião, os vereadores alegaram ter recebido reclamações no tocante à qualidade e quantidade das merendas – que seriam em pequenas porções –, mencionando que, pelo montante pago, o Executivo deveria receber “serviço de excelência”. Pronunciaram-se Severino Guilherme da Silva (PSD), João Éder Alves Miguel (PV), Nilto José Alves (MDB) e Ronaldo José da Mota (PPS).

    Procurada pela reportagem, em maio do ano passado, a Nutriplus divulgou nota na qual apresentou contraposições às declarações dos parlamentares. A empresa frisou que segue diretrizes de programa nacional e destacou resultados de pesquisa de satisfação feita com diretores de algumas unidades de ensino.

    Ainda em 2017, a prefeita declarou que havia tomado ciência da questão e passado a vistoriar a merenda. Maria José percorreu algumas das unidades para verificar, in loco, a qualidade do alimento oferecido ao alunado da rede municipal.

    Em paralelo, ela determinou estudo para aprimoramento do cardápio. O anúncio da degustação foi feito para secretários municipais, na segunda-feira, 5, em reunião do primeiro escalão.

    O líder do governo municipal na Câmara, Antonio Marcos de Abreu (PR), comunicou a decisão aos parlamentares no dia 6. “A própria prefeita vai realizar uma degustação, pois quer uma merenda de qualidade”, enfatizou o edil.

    O evento será voltado estritamente a pais e familiares dos alunos. Eles serão convidados pela própria secretaria, por meio de representantes das unidades.

    Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
    Publicidade
    Bendita Filo
    Della Nonna
    Eletrofer
    EleService institucional
    Alessandra Bonilha, dra
    Coplaspel
    Thais Brito divulga

    DEIXE UMA RESPOSTA

    entre com sua mensagem
    entre com seu nome