Zizi Possi canta na abertura da 10ª Feira do Doce de Tatuí

Show da cantora inicia o Festival Capital da Música “Maestro Neves”

Zizi Possi canta junto à Orquesta Sinfônica de Tatuí (Foto: Divulgação)
Redação

A prefeitura, por meio da Secretaria de Esporte, Turismo, Cultura e Lazer, divulgou durante a semana a programação do Festival Capital da Música “Maestro Antônio Carlos Neves Campos”, integrante da 10ª Feira do Doce de Tatuí.

No show de abertura, dia 5 de julho, a cantora Zizi Possi fará participação com a Orquestra Sinfônica de Tatuí (OST), da Associação Semear.

A artista se consolidou como cantora popular em 1978, por meio de sucessos como: “Pedaço de Mim”, que gravou a convite de Chico Buarque; “Nunca”; “Meu Amigo, Meu Herói”, “Asa Morena”, “Caminhos de Sol”, “O Amor Vem Pra Cada Um” (versão de “The Love Come to Everyone”, de George Harrison), e “A Paz”, entre outros.

Entre os álbuns de maior sucesso, estão “Per Amore”, “Passione” e “Mais Simples”, gravado em Oslo (Noruega) e até hoje considerado o disco de som perfeito para os “puristas”. Em 1991, Zizi lançou “Sobre Todas as Coisas”, que introduziu o acústico e o violoncelo na MPB e lhe rendeu prêmios importantes no Brasil e na Europa.

Já a “Valsa Brasileira” garantiu-lhe o prêmio APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte), como melhor cantora da MPB e melhor álbum. “Puro Prazer”, de 1999, só com voz e piano, foi indicado a três categorias no Grammy: melhor cantora, melhor álbum e melhor música, com “Meu Erro”, de Herbert Vianna.

Em 2017, Zizi se apresentou no espetáculo “À Flor da Pele”, um monólogo musical, no qual conta como foram os difíceis e transformadores momentos vividos durante a depressão.

No ano seguinte, lançou a canção “Amanhece” e, em 2021, a música de Paulinho da Viola “Sinal Fechado”. São mais de 45 anos de carreira e 19 CDs, quatro DVDs, um EP, com quatro gêneros musicais conhecidos como “mornas”, junto a Zeca Baleiro, e dois singles, sendo “Amanhece” e “Sinal Fechado” (lançado em maio de 2021).

Programação

Na sexta-feira, 5 de julho, às 11h, acontece a apresentação dos alunos do Projeto Guri de Tatuí. Às 13h, apresenta-se a Big Band do Conservatório, com música instrumental. Em seguida, às 14h, Ruzzo DJ Set promove uma apresentação com música eletrônica autoral e clássicos remixados.

Às 19h, tem início o ato protocolar da cerimônia de abertura da 10ª Feira do Doce. Em seguida, às 19h30, acontece a abertura oficial da feira. A cantora Zizi Possi sobe ao palco às 20h30, com a OST.

No dia seguinte, às 11h, o festival segue em paralelo com a feira, com a apresentação de música instrumental do Grupo de Choro do Conservatório de Tatuí. Às 13h, a banda Hereditários se apresenta com um mix de pop rock nacional e internacional dos anos 80 e 90.

Às 14h30, sobe ao palco Rose Araújo e Banda, com o show “Rose Araújo Canta Divas”. A programação segue com a banda Ruby Woo, às 16h, com ritmos de clássicos do “rock and roll” dos anos 50, 60 e 70, versão “rockabilly”.

Já às 17h30, apresenta-se o grupo Multiplicidades Brasileiras, contemplado por meio de um dos editais do Programa de Ação Cultural (Proac). Às 20h30, Aléxia sobe ao palco, com show de pop e rock.

No domingo, 7 de julho, o evento tem início às 13h, com Pedro Paulo e os Seresteiros Alados de Tatuí, tocando músicas italianas, MPB e seresta. Às 14h30, será a vez do grupo de samba Zuaê, seguido pela música instrumental da Camerata de Violões do Conservatório, às 16h.

Às 17h30, acontece a apresentação de João e Maria Musical (brasilidade); e, às 20h30, da banda Live by Night, tocando pop e rock.

No segunda-feira, 8 de julho, às 10h, apresenta-se o grupo Seresteiros com Ternura, com o show “Seresta, Poesia Cantada”. Em seguida, às 11h30, a banda Marcatto leva ao público uma mistura de pop, rock, música eletrônica, MPB e samba.

Às 13h, apresenta-se o grupo de choro M Medeiros, com uma homenagem a Pacheco do Cavaco e Roseiro do Violão de sete cordas. Às 14h30, Mel Moreira se apresenta em show. Às 16h, acontece a apresentação do Black Widow, com o ritmo “rock n’ roll”.

Às 17h30, apresenta-se o Grupo de Música Raiz do Conservatório de Tatuí. Para fechar a noite, às 20h, sobe ao palco a banda Simphony.

Na terça-feira, 9 de julho, às 10h, Mayara Rios e Regis Bonet se apresentam com o Duo Casa Forte, levando ao palco bossa nova e MBP. Em seguida, às 11h30, é a vez da banda Revoltrio, com pop e rock.

A Bravo Tatuí sobe ao palco às 13h, com música instrumental, seguida de apresentação da Jazz Combo do Conservatório de Tatuí, às 14h30. Às 16h, a banda Blacking Stone toca ritmos do pop e rock. Contemplado por um dos editais do Proac, às 17h30, Gui Silveiras e a orquestra AfroLatina Tupiniquim se apresentam com o “Saudades de Lá”.

O encerramento acontece às 19h30, com a entrega de certificados aos produtores de doces participantes da feira. E, às 20h, os Trovadores Urbanos tocam serenatas. O grupo foi contemplado pelo edital Lei Paulo Gustavo 20/2023, no segmento de difusão cultural.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui