Vinte anos de concurso

379





Com imensa satisfação, o jornal O Progresso de Tatuí dá início à 20a edição de seu tradicional Concurso Artístico e Literário de Natal, que já recebe trabalhos de estudantes do ensino fundamental.

Neste ano, novamente, apresenta tema específico, buscando, assim, estimular a originalidade e, além disso, um vínculo direto com o próprio município. Para tanto, propõe que os desenhos e redações partam do tema “O Natal em Tatuí”.

Realizado anualmente, o concurso conta com patrocínio do comércio local e visa incentivar e divulgar o talento artístico e literário de crianças e adolescentes, alunos do 1o ao 9o ano do ensino fundamental.

Promovido nas categorias desenho e redação, o certame é aberto a todos os estudantes, de escolas municipais, públicas ou particulares. Os alunos podem produzir até um desenho e uma redação sobre o tema proposto.

Os trabalhos devem ser enviados pela direção da escola, professores ou mesmo pelos próprios alunos, até o dia 31 de outubro, à praça Adelaide Guedes, 145.

Na modalidade “redação”, não há exigências prévias. Os alunos do 1º ao 9º ano podem escrever em qualquer estilo literário, desde que respeitando o tema do concurso.

Na modalidade “desenho”, os trabalhos devem ser enviados em papel sulfite tamanho A4 (21 cm por 29 cm), em qualquer estilo artístico, desde que obedecendo ao tema.

No verso de cada trabalho, seja desenho ou redação, devem constar os dados: nome completo do aluno, idade, ano correto em que estuda (1o ao 9o ano), além do endereço completo e telefone, bem como o nome da escola e do (a) professor (a).

Ressalta-se que, em caso de ausência destas informações, o trabalho será automaticamente desclassificado. Ainda na modalidade desenho, pede-se aos alunos que evitem o trabalho de colagens, por dificultar a reprodução.

Os autores dos trabalhos vencedores receberão prêmios em dinheiro. No total, serão oferecidos R$ 2.000, distribuídos para os vencedores de cada dois anos, que receberão R$ 200 cada – salvo no caso dos três primeiros anos, englobados num mesmo grupo.

Desta forma, o vencedor em desenho e o vencedor em redação entre o 1º, 2º e o 3º ano ganham R$ 250 cada; o primeiro entre o 4º e 5º ano, nas duas categorias (texto e desenho), outros R$ 250; e assim por diante.

Os três melhores trabalhos de cada categoria, bem como as escolas nas quais os autores estudam, serão publicados na edição especial de O Progresso, que circulará em 24 de dezembro.

O objetivo do concurso é incentivar e premiar a criatividade dos estudantes tatuianos. A comissão julgadora irá analisar, principalmente, a criatividade e a originalidade dos trabalhos a partir do tema proposto (“O Natal em Tatuí”), descartando aqueles que entender se tratarem de cópias.

Os alunos premiados, bem como as escolas onde estudam, serão contatados pela redação de O Progresso, sendo que as entregas dos prêmios ocorrerão nos estabelecimentos comerciais patrocinadores.

Para mais esta edição, como em todas as outras, o jornal O Progresso conta com a participação dos professores e da direção das escolas, que incentivam e acabam por concretizar muito mais a participação dos alunos quando efetivam a produção dos trabalhos em sala de aula.

Mais que permitir a possibilidade de prêmios em dinheiro – o que pode fazer muita diferença em lares de alguns estudantes -, patrocinadores, educadores e o jornal compartilham uma das mais importantes e significativas práticas de final de ano, que é justamente a solidariedade.

Afinal, quando imbuídos desta boa vontade, todos podem entender que estão contribuindo não apenas com um Natal “mais colorido”, mas talvez, até, presenteando crianças com uma perspectiva de futuro melhor, por meio da arte.

Ao longo destas duas décadas, quantos já podem ter sido incentivados a investir em carreiras vinculadas à criação? Muitos ou poucos, na verdade, não importa.

Mais importante que isto, em tempo de tantas superficialidades proporcionadas pela tecnologia – senão as desvirtuosidades impostas pelos problemas sociais -, chamar a atenção da juventude para a arte chega a ser um luxo. Portanto, um verdadeiro presente de Natal que podemos todos compartilhar.