UTI da Santa Casa mantém lotação máxima por 10 dias consecutivos

144
Publicidade
Da redação

O balanço semanal de contaminações pela Covid-19 voltou a subir em Tatuí pela segunda semana seguida. Entre sábado da semana passada, 6, e esta sexta-feira, 12 (data de fechamento desta edição), a Secretaria Municipal de Saúde registrou 300 novos casos da doença.

De acordo com balanço dos relatórios diários da Vigilância Epidemiológica, houve aumento de 56,25% em comparação à semana anterior (entre os dias 27 de fevereiro e 5 de março), quando 192 casos foram notificados.

Antes disso, o município havia passado duas semanas consecutivas com números estáveis, registrando 166 casos confirmados entre 20 e 26 de fevereiro – mesma quantidade de moradores infectados entre 13 e 19 do mês passado.

Como agravante, a ocupação dos leitos da unidade de terapia intensiva, destinados ao tratamento de pacientes com Covid-19 ou suspeita da doença, mantinha-se em 100% desde quarta-feira da semana passada, 3 – ou seja, por dez dias consecutivos.

Nesta quarta-feira, 10, e na sexta-feira, 12, a Secretaria de Saúde ainda comunicou estar com 100% de ocupação nos leitos clínicos, destinados ao tratamento de pacientes com suspeita ou positivos para Covid-19.

Publicidade

Segundo o órgão, estavam internados, na Santa Casa de Misericórdia, 40 pacientes, sendo 14 na UTI (dez positivos e quatro suspeitos), com quadros que inspiravam cuidados, e 26 no isolamento (17 positivos e nove suspeitos), com quadros estáveis.

No hospital particular, estavam internados 19 pacientes, sendo cinco casos positivos na UTI, com quadros que inspiravam cuidados, e 14 internados com exame positivo para a doença no isolamento, com quadros estáveis.

As mortes pela doença também voltaram a subir. Em percentual, o aumento foi de 100%, com quatro mortes notificadas durante os sete dias recentes, contra duas vítimas fatais na semana anterior (de 27 de fevereiro a 5 de março).

A morte mais recente foi divulgada no boletim epidemiológico de sexta-feira, 12, referente a um homem de 58 anos. O paciente falecera na terça-feira, 9, durante internação na unidade de terapia intensiva do hospital particular do município.

Na quinta-feira, 11, a VE já havia informado a morte de uma mulher de 85 anos, vítima da Covid-19. A paciente falecera na segunda-feira, 8, na sala de estabilização do Pronto-Socorro Municipal “Erasmo Peixoto”.

Com os novos óbitos, a cidade somava, até esta sexta-feira, 12, 145 vítimas fatais do novo coronavírus, sendo 72 mulheres (52 na faixa dos 60 anos e 20 entre 29 e 59 anos) e 73 homens (60 acima dos 60 anos e 13 entre 29 e 59 anos).

Os números representam taxa de 1,93% de letalidade – índice calculado pelo número de óbitos em comparação à quantidade total de casos confirmados.

A média de diagnósticos, até sexta-feira, era de 42,85 infectados por dia – ou seja, quase duas confirmações por hora. No período, o município registrou 994 novas notificações da doença, confirmou 300 e descartou 696.

Até terça-feira, 2 (data de fechamento da edição anterior), o município havia registrado 31.944 notificações da doença, sendo 120 casos suspeitos aguardando resultado dos testes, 24.496 descartados e 7.328 positivos.

Na quarta-feira, 10, o boletim epidemiológico apontou a confirmação de 15 novos casos da doença (nove homens e seis mulheres), 87 suspeitos (45 homens e 42 mulheres) e 76 descartados (34 homens e 42 mulheres).

O órgão ainda comunicou o óbito de uma mulher de 84 anos, que estava internada no isolamento da Santa Casa com suspeita da doença. A paciente faleceu na segunda-feira, 8, passou por exame e o resultado saiu na sexta-feira, 12, descartando a doença.

Na quinta-feira, 11, além da morte, a VE informou ter apurado 79 novos casos positivos (32 homens e 47 mulheres), 254 suspeitos (103 homens e 151 mulheres) e 183 descartados (78 homens e 105 mulheres).

Já na sexta-feira, além da morte confirmada e do óbito descartado, o órgão registrou 79 casos positivos (28 homens e 51 mulheres), 183 suspeitos (82 homens e 101 mulheres) e 106 descartados (41 homens e 65 mulheres).

A VE ainda notificou o óbito suspeito de um homem de 71 anos, que fora atendido em casa pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e falecera na quinta-feira, 11.

De acordo com o boletim epidemiológico mais recente, divulgado por volta das 11h30 de sexta-feira, a cidade apresentava 32.468 notificações da doença, sendo 106 casos suspeitos aguardando resultado dos testes, 24.861 descartados e 7.501 positivos.

Dos confirmados, 7.235 pacientes já estavam recuperados (96,4%) e 121 ainda seguiam em tratamento: 46 em hospitais e 75 em isolamento domiciliar. Entre os casos suspeitos, havia um óbito e 105 permaneciam em tratamento: 13 em hospitais e 92 em casa.

Publicidade