Tudo pronto para a 88ª Festa da Caridade

652
Realização da procissão e enfeite de ruas com os tapetes de Corpus Christi estão mantidos, caso não chova na madrugada do feriado
Publicidade

Acontece na quinta-feira, 15, feriado de Corpus Christi, a tradicional Festa da Caridade, que chega à 88ª edição neste ano. As dependências externas do Lar São Vicente de Paulo já tiveram tendas instaladas na semana passada e, na segunda-feira, 12, grupos de voluntários dominaram a cozinha do asilo para o início da preparação dos quitutes.

A festa é uma das principais do feriado de Corpus Christi na região e atrai visitantes a Tatuí. O presidente do lar vicentino, Ivan Rezende Ferreira, estima que entre 30 mil e 35 mil pessoas passem pela festa no único dia de realização.

Na tarde de terça-feira, 13, voluntários já enrolavam os tradicionais bolinhos de frango, preparados com farinha de milho, e peças de pernil suíno eram assadas. Entre 50 e 60 pernis de oito quilos cada serão consumidos na festa, segundo a organização.

“Estamos a todo o vapor. A estrutura da festa vem sendo montada desde a semana passada, as tendas, os barracões. Neste ano, fomos abençoados e ganhamos o aluguel das tendas de um voluntário. Está tudo bem adiantado, e estamos prontos para a Festa da Caridade”, disse o presidente a O Progresso.

De acordo com Rezende, tudo que puder ser adiantado para a festa está sendo feito até esta quarta-feira. Colaboradores ralaram os 600 quilos de frios que serão usados em pizzas, lanches e pastéis. “É tudo de balde, bacia e panelada”, contou.

Publicidade

Os números da Festa da Caridade são grandiosos. Para alimentar um volume intenso de visitantes em um único dia, foram adquiridos aproximadamente 350 quilos de farinha de trigo, 240 quilos de farinha de milho, 240 litros de óleo de soja e 400 litros de leite integral. A lista de ingrediente estende-se ainda para gêneros como açúcar refinado e cristal e carne moída.

Mesmo com o ritmo acelerado nos dias que antecedem à festa, muita coisa será feita no decorrer dos festejos. Os 7.000 espetos de carne a serem vendidos nas barracas de churrasco serão assados na hora, e as laranjas para os sucos, um dos itens mais procurados, serão espremidas somente na quinta-feira, para preservar o sabor e a vitamina C.

“O suco de laranja, o milho-verde, mingau, sopa de milho são feitos na hora, pois podem azedar. É um volume muito grande que fica para o dia, mas menos do que estamos fazendo agora”, antecipou.

Para o presidente do Lar São Vicente, somente com o adiantamento do trabalho é possível abastecer todas as barracas. Os pontos de distribuição e venda de alimentos são administrados por grupos de voluntários de diversas associações locais.

“O bolinho de frango é feito com antecedência, mas, ainda assim, precisamos de voluntários para enrolarem eles durante a festa, pois a quantidade é muito grande. Ele é um dos produtos mais tradicionais que temos. Os espetinhos são comprados prontos de um açougue, então só assamos”, explicou.

A chuva que atingiu Tatuí na terça-feira não causou temor na equipe que organiza a Festa da Caridade. O presidente crê que São Vicente vença a disputa com São Pedro e não deixe chover durante a festa. Entretanto, caso chova, Rezende adiantou que nada mudará na programação.

“Estamos certos de que não vai chover. Nós temos uma crença de que São Vicente e São Pedro fazem uma disputa na Festa da Caridade, e São Vicente acaba sempre ganhando. Tem uma ajuda do céu. Não é o primeiro ano que temos chuva na véspera e, no dia, acaba sendo gostoso e todo mundo pode aproveitar o dia tranquilamente”, acentuou.

Segundo o CPTEC (Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos) do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), a probabilidade de chuva na quinta-feira é de 5%. A temperatura deve ficar entre 11°C (mínima) e 23°C (máxima). Para esta quarta-feira, a probabilidade é de 90% de chuva.

“A programação, com ou sem chuva, é a mesma. Por ser uma festa tradicional e as pessoas conhecerem que o intuito dela é ajudar o Lar, todo mundo acaba vindo, independentemente do tempo”, vaticinou.

No início desta semana, a organização recebeu 69 prendas da ACE (Associação Comercial e Empresarial de Tatuí). Elas serão distribuídas durante o show de prêmios, marcado para as 13h30, no salão de convivência masculino. Parte dos donativos irá para o leilão, em conjunto com os bezerros.

Diversos quitutes

Entre os alimentos vendidos na Festa da Caridade, a organização promete novidades. Uma delas é o lanche de mortadela, que se junta aos de pernil, frango e calabresa.

O evento terá acarajés, bolinhos de frango e bacalhau, diversos sabores de pastéis e pizzas, churrasco, churros, cone de batata frita, coxinha, minilanche de linguiça, porção de frango à passarinho, polenta e sopa de mandioca.

Dos derivados do milho, a organização deve oferecer bolos, curau, milho-verde cozido, pamonha, suco e mingau com frango. Dentre as guloseimas, estão os doces caseiros, fondue de chocolate com frutas, bolos confeitados, algodão-doce e pipoca.

O presidente afirmou que a festa terá, ainda, dois tipos de cerveja, vinho quente, quentão, choconhaque, chope, água, refrigerantes e suco de laranja. A última opção será disponibilizada em mais de uma barraca, devido à grande procura.

Espaço de Lazer

O Lar São Vicente inaugurou no sábado, 10, o Espaço de Lazer “Vicente Ribeiro Assumpção”. O local receberá atividades do Bem-Estar no Lar, centro de convivência que congrega os 80 internos e 50 assistidos externos.

O nome do espaço é uma homenagem a um morador e benfeitor do lar vicentino. Vicente Ribeiro Assumpção foi casado com Pascoalina Alves Ribeiro e viveu no asilo com ela há cerca de 30 anos. Ele doou à entidade uma propriedade rural que até hoje gera renda ao asilo.

O presidente do Lar São Vicente antecipou que a esposa de Assumpção dará nome à Praça do Idoso, cuja inauguração está prevista para outubro, durante as comemorações do Dia do Idoso. O local recebeu doação de asfalto de uma empresa e vai beneficiar os assistidos e visitantes da Festa da Caridade.

“Os locais serão usados para recreação, exercícios dos internos e das pessoas que vêm para o Bem-Estar. A doação de asfalto para a praça e área interna foi de quase R$ 80 mil, uma obra que jamais conseguiríamos fazer com meios próprios”, salientou.

O Espaço de Lazer é coberto e poderá ser usado em bingos beneficentes, almoços e jantares para arrecadação de recursos ao lar, a partir do segundo semestre.

Publicidade