Tradicional festa de São Jorge deve receber mais de 1.500 participantes

2897
Reunião define detalhes da tradicional Festa de São Jorge (foto: AI Prefeitura)
Publicidade

O dia de um dos santos mais populares do país é comemorado em 23 de abril, mas, em Tatuí, São Jorge será homenageado neste domingo, 29, a partir das 11h, com cavalgada. Os festeiros devotos levam espadas e bandeiras para fazer alusão ao santo.

O tradicional evento cultural e turístico foi definido em reunião, dia 4, entre a Secretaria Municipal de Esporte, Cultura, Turismo, Lazer e Juventude e a Comissão de Cavaleiros de São Jorge.

No encontro, estiveram presentes os diretores do Lar Donato Flores, Ubirajara Feltrin, Ana Aparecida Feltrin e Ariovaldo José D. Bellaz, o secretário municipal do Esporte, Cultura, Turismo, Lazer e Juventude, Cassiano Sinisgalli, o secretário municipal da Agricultura e Meio Ambiente, Célio José Valdrighi, o subcomandante da Guarda Civil Municipal, Antônio José Rodrigues da Costa, e os membros da comissão organizadora da Festa de São Jorge.

Na segunda-feira seguinte, 16, a comissão teve nova reunião, para discutir a importância do evento – um dos mais tradicionais da cidade, constante no Hino a Tatuí, inclusive -, e os preparativos para a organização da cavalgada e da festa.

De acordo com o secretário Sinisgalli, neste ano, a procissão deve contar com mais de 500 devotos. Para a parte recreativa, são esperadas mais de 1.500 pessoas.

Publicidade

“Já temos várias comitivas de Tatuí e região confirmadas e, por ser um domingo próximo de feriado prolongado, acreditamos que terá mais pessoas que no ano passado. Por isso, até estamos nos preparando, com um espaço maior”, afirmou o secretário.

Sinisgalli destaca que, durante a última reunião, foram discutidas, as regras da cavalgada para o bem-estar dos animais. “No trajeto da procissão, não será permitido o uso de bebidas alcoólicas e estaremos fiscalizando casos de maus-tratos ou falta de apetrechos que garantam o conforto e segurança do animal”, comentou.

“Queremos resgatar a ‘festa da família’. Então, procuramos priorizar a segurança do evento. Com as regras – que já foram implantadas no ano passado -, não tivemos nenhum tipo de problema. Neste ano, a gente conseguiu colocar equipe de segurança no Lar Donato Flores também, e estamos mais bem preparados”, ressaltou.

A concentração dos cavaleiros, vindos de diversas cidades da região, está prevista para às 10h, na avenida Cônego João Clímaco, conhecida como avenida das Mangueiras.

A cavalgada passará pelas ruas 13 de Maio, Maneco Pereira, do Cruzeiro, 11 de Agosto, Coronel Guilherme, Santa Cruz, e, finalmente, na avenida Donato Flores.

O ponto de chegada dos cavaleiros será no recinto de festas do Lar Donato Flores, onde os participantes devem receber a bênção. Durante esta semana, o local está sendo preparado para os visitantes.

“Como temos apoio da Secretaria de Obras e de Meio Ambiente, eles já fizeram uma terraplanagem no espaço e estão fazendo toda a parte de limpeza dos matos e dando uma geral no recinto de festas para receber bem os participantes”, acentuou Sinisgalli.

A parte recreativa começará às 12h e seguirá até às 16h, com provas equestres de baliza, tambor e cadeira e shows ao vivo de moda de viola e “cultura raiz”.

A praça de alimentação será coberta e terá variedade em salgados, churrasco, bebidas e o tradicional almoço caipira, tudo em prol às atividades do Lar Donato Flores, que desenvolve atendimento direto e a garantia de direitos de criança e adolescentes.

Haverá mais de dez premiações para os destaques da cavalgada: a comitiva com maior número de participantes, a equipe mais organizada, conjunto visual (cavalo, traia e traje), cavaleiro mais idoso e mais jovem, amazonas, “cowboy”, “cowgirl”, muladeiro e charreteiro.

Publicidade