Tatuí tem 289 candidatos às eleições 2020

5834
Conforme os dados do Tribunal Superior Eleitoral terá 16,5 candidatos por vaga do legislativo
Publicidade
Da reportagem

Tatuí conta com 289 candidatos aos cargos de vereador, vice-prefeito e prefeito para as eleições municipais deste domingo, 15. Do total, 281 buscam vaga na Câmara Municipal e oito aos cargos Executivo, sendo quatro candidatos a prefeito e quatro vices.

Conforme os dados disponibilizados pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral), neste ano, Tatuí possui 16,5 candidatos para cada uma das vagas do Legislativo, considerando-se o total de 281 postulantes às 17 cadeiras a serem preenchidas.

O número de candidaturas é 3,34% menor que o das eleições de 2016, quando 299 candidatos, entre deferidos e indeferidos, tentaram concorrer às vagas na Câmara e na Prefeitura.

Do total de registros deste ano, 198 são homens (68%) e 93, mulheres (32%). Para a Prefeitura, o TSE mostrava oito candidatos, todos com pedidos de registros deferidos, sendo quatro a prefeito e quatro a vice.

Disputam o Poder Executivo: Fátima Aparecida Rodrigues dos Santos de Campos (Professora Fátima – PT), Maria José Vieira de Camargo (Maria José Gonzaga – PSDB), Valdeci Proença (Podemos) e Wagner Rodrigues (Coronel Wagner – PP).

Publicidade

Respectivamente, eles têm como vice-prefeitos: Odailson Toth (Professor Toth – PT), Miguel Lopes Cardoso Júnior (Professor Miguel – MDB), Lúcia Maciel Aguiar (Doutora Lúcia – Podemos) e Nilton José Alves (Bispo Nilto – PRTB).

A maioria dos candidatos tem entre 40 e 44 anos (47). Os demais têm entre 50 e 54 anos (45), 45 e 49 (42), 55 e 59 (40), 35 e 39 (37), 30 e 34 (26), 60 e 64 (17), 25 e 29 (12), 65 e 69 (12), 70 e 74 (7), 21 a 24 (4), 75 e 79 (1) e 19 anos (1).

Entre os que tentam a Câmara e a Prefeitura, 98 têm ensino médio completo (33,68%), 87 possuem ensino superior completo (29,9%), 40 não concluíram o fundamental (13,75%), 27 têm o ensino fundamental completo (9,28%), 18 não concluíram o ensino médio (6,19%), 15 não concluíram o ensino superior (6,19%) e seis leem e escrevem (2,06%).

Quanto às ocupações, os candidatos se dividem entre: 38 servidores públicos municipais (13,06%), 19 aposentados (exceto servidor público, 6,53%), 17 empresários (5,84%), 12 comerciantes (4,12%), 11 professores de ensino fundamental (3,78%), 7 cabeleireiros e barbeiros (2,41%) e 90 de outras profissões (30,93%).

O Podemos e o PTB (Partido Trabalhista Brasileiro) são os que possuem mais candidatos. São 27 pessoas pleiteando vagas neste domingo. Em seguida, aparece o PSB (Socialismo e Liberdade), com 26 candidatos, e o PRTB (Partido Renovador Trabalhista Brasileiro), com 25.

Pelo MDB (Movimento Democrático Brasileiro), 24 estão na disputa e pelo Progressista, 23. As siglas PDT (Partido Democrático Trabalhista), PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira) e PT (Partido dos Trabalhadores) contam com 22 postulantes cada.

Já o PSD (Partido Social Democrático) e o Republicanos vão disputar as eleições com 21 candidatos cada.Em seguida, aparecem os partidos: Cidadania, com 18, e PSL (Partido Social Liberal), com 13.

A novidade deste ano é que as coligações partidárias para a eleição de vereadores não são mais permitidas. Até a eleição passada, com a coligação atingindo o quociente eleitoral, os candidatos mais votados dentro dela ocupavam as vagas.

Para votar

Para a votação, o eleitor deverá escolher, na urna eletrônica, primeiro o candidato ao cargo de vereador. O próximo passo é selecionar o candidato ao cargo de prefeito.

Os concorrentes a uma vaga na Câmara são identificados por número de cinco dígitos e os candidatos ao cargo de prefeito são registrados na urna com dois dígitos.

O TSE disponibiliza um simulador de votação. Nele, é apresentada uma urna virtual semelhante à utilizada nas seções eleitorais, permitindo ao internauta “votar” para os cargos em disputa nas eleições municipais.

Na página, há uma lista de candidatos e partidos fictícios. Caso a pessoa erre durante o ensaio, o simulador mostra uma mensagem explicativa, apontando o erro e ensinando a como proceder corretamente.

Outra ferramenta para auxiliar o eleitor é a chamada “colinha”, um papel com os nomes e números dos candidatos em ordem de votação e que pode ser consultado no momento do voto.

Além disso, a lista completa com o nome e número dos candidatos a vereadores e perfil dos postulantes ao Executivo que concorrem às eleições no próximo domingo podem ser conferidas nesta edição.

Resultados

Os boletins de urna das eleições municipais começarão a ser emitidos a partir das 17h deste domingo. A partir desse horário, serão divulgados os resultados das votações para todos os cargos, incluindo os votos em branco, os nulos e as abstenções verificadas.

Até o dia 18 (três dias após o primeiro turno), o site oficial do TSE deve disponibilizar a opção de visualização dos boletins de urna recebidos para a totalização, assim como as tabelas de correspondências efetivadas, observado o horário de encerramento da totalização em cada município.

Publicidade