Tatuí ganha mercado solidário para ajudar famílias em vulnerabilidade

Iniciativa voltada a pessoas de baixa renda é da Igreja Batista da Lagoinha

1515
Mercado solidário fica na rua Pedro Amaral Lincoln, 70, no San Raphael (Foto: Divulgação)
Publicidade
Da redação

A Igreja Batista da Lagoinha de Tatuí inaugurou um mercado solidário no bairro San Raphael. Chamado de “A Casa do Pão”, a iniciativa visa ajudar famílias que estão passando por dificuldades e precisam de auxílio por meio de alimentação.

De acordo com a Igreja Batista, com o mercado solidário, famílias cadastradas e, posteriormente, selecionadas podem realizar, gratuitamente, a escolha de produtos alimentícios, de higiene e limpeza.

“O projeto nasceu em meio a este momento de crise, ocasionada pela pandemia do novo coronavírus”, afirma a igreja.

Os contemplados recebem, mensalmente, uma pontuação em crédito para fazer essas compras. O valor do crédito varia de acordo com a realidade e o número de integrantes de cada família.

Conforme Asafe Villalpando, um dos idealizadores do projeto, as famílias contempladas são escolhidas por uma equipe que avalia as necessidades e prioridades.

Publicidade

“Para realizar as compras, é necessário preencher um formulário online. A partir disso, a equipe entra em contato com a família para finalizar o cadastro, que dará direito a compras mensais no período de três meses”, afirma Villalpando.

Passado o período de três meses, o formulário deverá ser preenchido novamente, caso haja necessidade da renovação do benefício. O mercado solidário fica no bairro San Raphael, em Tatuí, na rua Pedro Amaral Lincoln, 70.

A Casa do Pão não realiza entregas e as compras são realizadas por agendamentos, via WhatsApp, às terças ou quintas, das 9h às 12h e das 14h30 até 17h30. As famílias devem se cadastrar pelo link: https://bit.ly/3yzieOf.

Publicidade

4 COMENTÁRIOS

  1. Um exemplo para muitos….
    Se Deus quiser… isso que está sendo feito… Mercado solidário….vai ajudar muitas pessoas….

  2. Como que faço para pode pegar, também preciso, tenho uma filha pequena.

Comments are closed.