Tatuí ‘debuta’ no principal torneio do ano

Bom de Bola e Clube de Campo estreiam na edição 2021 da Taça Band neste sábado

62
Sub-7 do Bom de Bola: último time tatuiano a entrar em campo pelo torneio, em 2018 (foto: Karla Lima)
Da reportagem

Após exatos 889 dias, o município volta a ser representado na Taça Band de Futebol de Base, neste sábado, 23. A pandemia impediu que o torneio promovido pela TV Band Campinas e pela Vale Sports fosse realizado ano passado e atrasou por sete meses o início da edição 2021.

Assim como deveria ter ocorrido em 2020, neste ano, o município tem número recorde de representantes. Pela quinta edição consecutiva, o Bom de Bola participa como “Prefeitura de Tatuí” e, pela primeira vez, o Clube de Campo disputa a Taça Band.

Tanto o Bom de Bola como o Clube de Campo participam do torneio mirim em quatro categorias: sub-10, sub-12, sub-14 e sub-16. No campeonato entre jogadores até 12 anos, o Bom de Bola terá duas equipes.

Os nove times do município estreiam neste sábado, 23. Pela manhã, o Clube de Campo joga duas partidas contra o Euro Fut, no “Campo do Brasil”, em Piracicaba. O primeiro jogo acontece às 9h30, pela sub-14, e o segundo, uma hora depois, pela sub-16.

Em seguida, no campo do São Cristóvão, em Valinhos, jogam os dois primeiros times do Bom de Bola. Às 11h, os garotos da sub-14 estreiam diante do EF Cecojam e, às 12h, a agremiação sub-16 enfrenta o Santos Várzea Paulista.

No período da tarde, no campo 4 do Paulínia Soccer Club, em Paulínia, ocorrem mais três partidas do Bom de Bola: às 15h10, diante do Country Club Valinhos B, pela sub-12; às 16h, contra o Tourino, na sub-10; e às 16h50, o time B enfrenta o Rubro-Negro, do grupo 9 da sub-12.

Equipes do Clube de Campo vão ao campo 1 do Bola 1 Futebol Society, em Piracicaba, e jogam contra a Caterpillar, às 15h40, pela sub-12, e contra o SPFC Piracicaba, às 16h30, pela sub-10, fechando a rodada inaugural.

Cada equipe disputará três partidas na fase inicial da competição. Ao término da primeira fase, as 16 mais bem classificadas de cada uma das quatro categorias avançarão às oitavas de final, previstas para 6 de novembro, um sábado.

Os vencedores avançarão às quartas de final da “série ouro”, enquanto os perdedores seguem para às quartas de final da “série prata”. Essa etapa eliminatória está agendada para o sábado seguinte, 13 de novembro.

No dia seguinte, 14 de novembro, um domingo, as equipes que ganharem as partidas das quartas de final já se enfrentarão na semifinal da respectiva categoria e série. Todas as decisões da Taça Band estão marcadas para 20 de novembro, um sábado.

128 tatuianos

A edição 2021 da Taça Band, em Campinas, teve 173 agremiações inscritas em seis categorias. Participam 23 equipes na sub-8, 44 na sub-10, 49 na sub-12, 27 na sub-14, 24 na sub-16 e 6 na feminina.

Normalmente, a competição promove disputas na sub-7, sub-9, sub-11, sub-13 e sub-15, além da categoria feminina. No entanto, a organização alterou as categorias para que atletas que disputariam a sub-9 no ano passado, por exemplo, jogassem a sub-11 neste ano, além de permitir que os atletas da sub-16 pudessem participar de mais uma edição.

Entre os nove times do Bom de Bola e do Clube de Campo, ao todo, 127 garotos e uma garota representam o município nessa que é considerada pelos responsáveis das equipes “a principal competição da temporada”.

Pela segunda edição consecutiva, os irmãos gêmeos Ana Laura de Araújo Grecchi e Marcus Vinícius Araújo Grecchi jogam pelo Bom de Bola. Contudo, desta vez, eles estão em equipes diferentes. Ana Laura foi inscrita na Prefeitura Tatuí A e o irmão, apenas dois minutos mais novo, na Prefeitura B, na sub-12.

Como de costume em competições esportivas, há atletas com nomes diferenciados, como Wollyver Gabriel, que atuara pela sub-7 do Bom de Bola em 2019 e, desta vez, atua pelo time sub-10.

Entre os outros nomes não tradicionais, destaque para Thierry Henry, atleta da equipe sub-14 do Bom de Bola. O tatuiano tem o mesmo nome do ex-atacante francês, campeão do mundo em 1998, diante do Brasil, e autor do gol que eliminou a seleção nacional da Copa do Mundo de 2006.

Entre os 128 tatuianos inscritos na atual edição da Taça Band, dezenas deles têm nomes compostos. Ao todo, cinco Pedros Henriques representam Tatuí, sendo um na sub-16 do Bom de Bola, um na sub-12 e três na sub-16 do Clube de Campo.

Comandado por Diego Barros, Antônio Márcio da Silva Júnior, Vanderson Fernandes de Castro, Luís Carlos Negri, Aragones Leite e Rodrigo Aparecido Bernardes Pasquino, o Bom de Bola inscreveu 76 jogadores na competição.

O time sub-10, além de Wollyver Gabriel, conta com Alexandre Emanuel, André Gustavo, Filippi Turri, Leonardo Barbosa, Luís Felipe, Miguel Augusto, Nicolas Garcia, Pedro Cruz, Raphael Henrique, Renato Souza e Riyan Antunes.

A equipe A da sub-12, além de ter a única garota tatuiana, possui os atletas:Arthur Ribeiro, David Santana, Fabiano Melo, Gustavo Ryan, Luís Gabriel, Luiz Henrique, Murilo Domingos, Paulo Henrique, Rafael Guilherme, Vitor Gabriel e Vítor Mateus

Já o time B da mesma categoria é formado por:Alex Luciano, Enzo Labronici, Gabriel Schitini, João Augusto, Lucas Eduardo, Luís Otávio, Luiz Guilherme, Marcus Vinícius Grecchi, Matheus Bonacina, Nicollas Medrado, Pedro Miguel e Wesley Cássio.

Os companheiros de Thierry Henry na sub-14 são: Andrey Castorino, Breno Machado, Cael Liboni, Daniel Lopes, Daniel Ramos, Djalma Neto, Guilherme Rodrigues, Gustavo Oliveira, João Alexandre, João Pedro, Kauê Guilhermy, Luiz Fernando, Marcus Vinícius, Pietro Florêncio, Vitor Telles, Washington Matheus e Wellington Rodrigues.

Diego Luan, Enzo Peres, Haniel Costa, José Vitor, Kaike David, Kauã César, Kayky Gabriel, Lucas Augusto, Lucas Melo, Luís Felipe, Maik Massao, Maycon Gabriel, Pedro Augusto, Pedro Henrique, Ramon Tavares, Ricardo Marciano, Ryan de Oliveira e Thomaz Henrique formam a categoria sub-16 do Bom de Bola.

Estreante, o Clube de Campo tem Carlos Eduardo de Alverenga Viana, o Duza, no comando técnico, e Jenner Jesus de Almeida Tavares, o Jeninho, e o filho dele, Gabriel Giovanetti Tavares, como auxiliares.

Na categoria sub-10, o time campestre é composto por nove jogadores: Estevão Xavier, Fabrício Olivieri, Gustavo Henrique, João Antônio, João Victor, Mateus Guerra, Matheus Camargo, Pedro Augusto e Pietro Augusto.

Os atletas Davi Emanuel, Davi Soranzo, Gabriel Augusto, João Pedro, João Vitor, Kauã Lima, Marcelo Henrique, Matheus Ribeiro, Otávio Nascimento, Pedro Henrique e Vitor Hugo estão inscritos na sub-12 do Clube de Campo.

A equipe sub-14 conta com 17 inscritos: André Machado, Bryan Alex, David Borges, Eduardo Revnei, Guilherme Santos, Guilherme Henrique, Guilherme Holtz, Higor Pires, Hugo Paz, João Vitor, Leonardo Henrique, Luís Felipe Vieira, Luiz Henrique Kinder, Mateus Pereira, Matheus Queiroz, Maycon Willian e Vinícius Moreira

Já o time campestre sub-16 é representado por:Anderson Gabriel, Cauã Henrique, Gustavo Almeida, Gustavo Coelho, Igor Gabriel, João Pedro Camargo, João Pedro Calixto, João Vitor, José Roberto, Juan Carlos, Lucas Lopes, Matheus Ladeia, Pablo Henry, Paulo Henrique, Pedro Henrique Santos, Pedro Henrique Camargo, Pedro Henrique de Oliveira, Pedro Lucas e Samuel Diniz.

Duza afirmou que o Clube de Campo está animado para a primeira participação na Taça Band. Segundo ele, “os jogadores estão motivados e a agremiação campestre poderá conhecer o nível técnico da competição”.

Já Barros mostrou-se orgulhoso em competir representando o município como Prefeitura de Tatuí. O técnico disse que o Bom de Bola utilizou a participação na Copa Ouro, Copa Paulista do Interior e Copa São José como preparação à Taça Band, segundo ele, a principal competição do ano.

“Espero que possamos fazer um grande campeonato. Todos os anos nós representamos bem a cidade, chegando em semifinais e decisões, além de ótimas campanhas na primeira fase. Espero que a gente possa, mais uma vez, representar bem o município”, completou Barros.

Representada pelo Bom de Bola, Tatuí “debutou” no torneio em 2016. Na oportunidade, o time participou com as categorias sub-13 e sub-15. Naquele ano, a sub-15 foi vice-campeã, vencendo o Guarani por 1 a 0 na semifinal e perdendo para a Ponte Preta na final.

A presença tatuiana de maior destaque aconteceu em 2018. Além de ter competido na sub-11 e sub-13, o Bom de Bola conquistou o título da sub-15, ao vencer o Chute Inicial Corinthians Itatiba na final da categoria, no estádio “Nelo Bracalente”, em Vinhedo.

Os gols da final foram marcados por Gabriel Vieira, Bryan e Nicola, que conquistou o título de artilheiro da competição, com cinco gols. A equipe também obteve o título de melhor goleiro, com Guilherme Dias, que teve apenas cinco gols sofridos em oito jogos.