Tatuí alcança dez dias sem mortes causadas pelo novo coronavírus

Curva de contaminações sobe 38% em 7 dias, após 13 semanas em queda

1
Publicidade
Da redação

Nos dez primeiros dias do mês de setembro, a Vigilância Epidemiológica, órgão da Secretaria Municipal de Saúde de Tatuí, não registrou nenhuma notificação de óbito causado pela Covid-19.

Esta é a terceira semana sem mortes pela doença, desde o início da pandemia. A primeira semana sem óbitos foi de 3 a 9 de outubro de 2020 e a segunda, de 31 de outubro a 6 de novembro de 2020.

Com isso, Tatuí havia acumulado, até sexta-feira, 10, 451 vítimas fatais do novo coronavírus, sendo 193 mulheres (130 na faixa dos 60 anos e 63 entre 29 e 59 anos) e 258 homens (167 acima dos 60 anos e 91 entre 29 e 59 anos).

Os números representam taxa de 2,49% de letalidade – índice calculado pelo número de óbitos em comparação à quantidade total de casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus.

Em contrapartida, nos sete dias recentes, o balanço semanal da Covid-19 em Tatuí apresentou aumento no número contaminações – após passar 13 semanas consecutivas com os índices em queda.

Publicidade

Conforme dados atualizados diariamente pela Vigilância Epidemiológica, entre sábado da semana passada, 4, e esta sexta-feira, 10, o município teve 12 contaminações a mais que na semana anterior, somando 43 novos exames positivos.

Em comparativo com o período anterior (28 de agosto a 3 de setembro), quando a VE registrou 31 exames positivos, houve aumento de 38,7%. Em relação ao pico de infecções até o momento (entre os dias 29 de maio e 4 de junho deste ano), quando 979 casos foram notificados, a queda é de 95,6%.

A média de diagnósticos entre sábado e sexta-feira foi de 6,14 contaminados por dia – ou 0,25 por hora. Durante o período, o município somou 2.608 novas notificações da doença, confirmou 43 e descartou 571.

Até o boletim atualizado nesta sexta-feira, o município registrava 75.589 notificações da doença, sendo seis casos suspeitos aguardando resultado dos testes, 55.443 negativos e 18.141 positivos.

Dos confirmados, 17.668 pacientes já estavam recuperados (97,39%) e cinco ainda permaneciam em tratamento: seis em hospitais e 16 em isolamento domiciliar. Dos casos suspeitos, cinco estavam em tratamento: um em hospital e 11 em casa.

Nesta sexta-feira, conforme o boletim epidemiológico mais recente, a ocupação tanto de leitos clínicos quanto de UTIs reservados para o tratamento de pacientes com suspeita ou positivos para a Covid-19 mantinha-se abaixo do limite máximo.

O órgão municipal indica que a Santa Casa tem capacidade para 15 leitos de UTI. Nela, estavam internados dois pacientes com Covid-19, com taxa de ocupação de 13%.

A VE ainda informa que os leitos clínicos para tratamento de Covid-19 no hospital público comportam 22 pacientes e, no local, estavam internados quatro na sexta-feira, culminando em taxa de ocupação de 18%.

No hospital particular, permanecia internado apenas um paciente, com quadro de saúde estável, na ala de leitos clínicos reservados ao tratamento de casos suspeitos ou confirmados de Covid-19.

Publicidade