ST DNC inicia ‘superprodução’ com novo espetáculo ‘As Masoquistas’

59
“As Masoquistas” tem estreia prevista para fevereiro (Foto: Divulgação)
Da reportagem

A companhia ST DNC iniciou, neste mês de janeiro, o processo de criação e montagem da peça “As Masoquistas – Um Espetáculo D’El Cabaret”.  O trabalho performativo é o sétimo criado pelo grupo e recebe recursos da Lei Aldir Blanc (LAB), por meio do decreto municipal 20.657.

De acordo com o diretor artístico Mat Kaytan, a peça é um “spin off” (história derivada) do espetáculo, estreado pela companhia em 2018, “Bordel El Cabaret”, “o qual foi bastante criticado pelas abordagens feministas e religiosas, se tratando de uma casa de shows para maiores de idade”.

Kaytan conta que “El Cabaret” é inspirado nas antigas casas de “luz vermelha”. “O espetáculo retrata uma casa noturna de shows com um ambiente propício a strippers e a gogo-girls, que usam corpo e sensualidade para atrair clientes”.

“Nesta sequência de bordel, ‘As Masoquistas’ estarão mais protagonistas, ousadas e prontas para gerar comentários pela cidade”, diz Kaytan, que também é criador das coreografias, maquiagens, figurinos, cenografia, luz e sonoplastia da peça.

Os intérpretes são: Kellen Faustinoni, como “Lucy-Felina”; Kaytan, como “Caipora”; e Valdick Junior, como o mestre de cerimônias “Angel”. A peça ainda conta com participação especial de Viih Silva, como “Lility” – operadora de luz e sonoplastia.

O espetáculo possui classificação indicativa de 18 anos. “A exibição não é recomendada a machistas, homofóbicos, transfóbicos e religiosos extremistas, pois o público estará sujeito a participar do espetáculo interagindo com o elenco”, observa o diretor.

A estreia está prevista para o final de fevereiro. A entrada do espetáculo será gratuita, porém, o público receberá um envelope “PQP” (pague quanto puder), no qual poderá depositar o valor que quiser.