Saúde divulga confirmação de 2 novos óbitos por coronavírus

28
Publicidade
Da redação

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Vigilância Epidemiológica, informou na manhã desta terça-feira, 2, ter confirmado dois novos óbitos de pacientes infectados pelo novo coronavírus.

Um deles é de uma mulher de 65 anos, que faleceu na segunda-feira, 1º, na unidade de terapia intensiva da Santa Casa de Misericórdia. O outro caso é de uma mulher de 54 anos, falecida no dia 30 de janeiro, na emergência do Pronto-Socorro Municipal “Erasmo Peixoto”, a qual estava na relação de suspeitos.

Nas últimas 24 horas, a VE ainda confirmou 50 novos casos positivos (15 homens e 35 mulheres), 168 suspeitos (73 homens e 95 homens) e 138 descartados (69 homens e 69 mulheres).

A VE também informou ter vacinado 2.589 profissionais de saúde até às 9h desta terça-feira, 2, com doses do imunizante do Butantan e da Oxford/Astrazeca.

Durante o dia, não há vacinação nos postos de saúde, porque a campanha atenderá os internos do Lar São Vicente de Paulo e Casa de Apoio ao Irmão de Rua São José.

Publicidade

Conforme o órgão da Saúde, a ocupação de leitos clínicos de internados por Covid-19 ou suspeitos na Santa Casa é de 81% e a da UTI, por pacientes com coronavírus ou casos suspeitos, de 78%.

Estão internados, na Santa Casa, 29 pacientes, sendo 11 na UTI (seis casos positivos e cinco suspeitos), com quadros que inspiram cuidados, e 18 no isolamento (oito positivos e dez suspeitos), com quadros estáveis.

No hospital particular, estão internados seis pacientes, sendo dois positivos na UTI, com quadros que inspiram cuidados, e quatro no isolamento (dois positivos e dois suspeitos),com quadros estáveis.

Até a divulgação do boletim, atualizado por volta das 11h, a cidade somava 27.876 notificações da doença, sendo 45 casos suspeitos aguardando resultado dos testes, 21.425 descartados e 6.406 positivos.

Dos confirmados, 6.212 pacientes já estão recuperados (96,9%), 122morreram e 72 ainda estão em tratamento: 18 em hospitais e 54 em isolamento domiciliar. Entre os casos suspeitos, há um óbito e 44 seguem em tratamento: 17 em hospitais e 27 em casa.

Publicidade