Santa Cruz e Clube de Campo são os times campeões do 14º ‘Zé Leiteiro’

2
Representantes do Clube de Campo e do Santa Cruz exibem troféus de campeões (foto: AI Prefeitura)
Da reportagem

Na noite de quinta-feira, 2, as equipes Santa Cruz e Clube de Campo foram declaradas oficialmente as campeãs do 14º Campeonato José de Campos – “Zé Leiteiro”. O tradicional torneio de futebol máster foi paralisado antes da disputa da decisão, devido ao novo coronavírus, em março do ano passado.

Em evento promovido no Centro Cultural, com a presença de representantes das nove agremiações participantes do certame, exclusivo para atletas a partir de 50 anos, foram distribuídos os troféus e medalhas aos presidentes, jogadores e integrantes das comissões técnicas das equipes campeãs.

Além da entrega de troféus ao artilheiro e ao melhor goleiro, a filha e o genro de Mades Juares Bieco, o Juares, receberam uma placa em homenagem ao atleta do Santa Cruz, falecido neste ano em decorrência da Covid-19.

A cerimônia ainda contou com a presença do organizador Cesário Mota Filho, o Cesário Tatu, do secretário municipal do Esporte, Cultura, Turismo, Lazer e Juventude, Cassiano Sinisgalli, do diretor e do coordenador do Departamento Municipal de Esporte, Douglas Dalmatti Alves de Lima, o Buko, e Keka, respectivamente, além do vereador João Francisco de Lima Filho.

Iniciada no dia 19 de janeiro do ano passado, a primeira fase do “Zé Leiteiro” estendeu-se até o dia 16 de fevereiro. Nesse período, nove partidas foram disputadas e as redes balançaram em 32 oportunidades, em média de 3,55 tentos por jogo.

Com o encerramento da etapa inicial, o Clube de Campo liderava o grupo A de forma isolada, com seis pontos. O São Martinho, com três pontos, estava na segunda posição e o Amigos do Jonão, sem pontuar, na última colocação.

O grupo B terminou com: Santa Cruz na primeira posição, com quatro pontos; TG na segunda, com a mesma pontuação e saldo de gols inferior; e Sexta Máster na terceira, sem ter pontuado – apesar de possuir o terceiro ataque mais efetivo do certame.

“Dono” do ataque e da defesa mais efetivos do “Zé Leiteiro”, o atual campeão XI de Agosto somou seis pontos e “sobrou” no grupo C. Com três pontos, o Palmeiras da Quadra alcançou a segunda colocação e o Associados do Clube, sem pontuar, ficou na lanterna.

Conforme o regulamento, ao término da fase de grupos, somente os líderes do A e B garantiram-se na semifinal. As outras duas vagas da penúltima etapa foram definidas com repescagem entre os segundos colocados dos grupos A e C e, ainda, o líder do C contra o vice-líder do B.

Desta forma, Clube de Campo e Santa Cruz foram as únicas agremiações que se garantiram antecipadamente na semifinal. São Martinho, TG, XI de Agosto e Palmeiras da Quadra foram à repescagem, enquanto Amigos do Jonão, Sexta Máster e Associados do Clube deram adeus ao campeonato.

A repescagem aconteceu no dia 1º de março do ano passado. No primeiro confronto eliminatório do dia, o segundo colocado do grupo A, o São Martinho, contou com um “hat-trick” (três gols na mesma partida), do jogador Nivaldo, para derrotar o vice-líder do grupo C, o Palmeiras da Quadra, pelo placar de 3 a 0, e seguir na competição.

Na sequência, o atual campeão e dono do ataque e da defesa mais efetivos da primeira fase do “Zé Leiteiro”, o XI de Agosto liderou o grupo C e teve o TG, segundo colocado do grupo B, como adversário em busca da última vaga à semifinal.

A partida terminou empatada em 2 a 2, e o XI de Agosto alcançou a classificação. Os gols foram anotados por Marco Antônio e Nerivaldo, pelo XI, e por Carlos Eduardo e Nivaldo Xavier, pelo TG. Segundo o regulamento, por liderar o grupo C, a “Égua Vermelha” tinha a vantagem do empate.

As semifinais foram disputadas no dia 8 e no dia 15 do mesmo mês. A agremiação máster do Clube de Campo foi a primeira finalista do “Zé Leiteiro”. Em confronto com o atual campeão, o time campestre conquistou a vitória pelo placar mínimo de 1 a 0, graças ao tento anotado por Sandro Rogério.

Na semana seguinte, o Santa Cruz se garantiu na decisão da competição ao derrotar o São Martinho pelo placar de 2 a 1. Os gols da partida foram anotados por Cláudio Roberto e Ulisses, da equipe finalista, enquanto Geraldo descontou para o Leão do Sul.

No entanto, em 16 de março de 2020, decreto municipal impôs medidas temporárias e emergenciais de prevenção ao contágio. No âmbito esportivo, a matéria suspendeu, por tempo indeterminado, todas as atividades, como competições, treinos e viagens de atletas.

Adiada com a assinatura do decreto municipal, a finalíssima entre Clube de Campo e Santa Cruz aconteceria seis dias depois. Somando-se à primeira fase, a 14ª edição do “Zé Leiteiro” promoveu 13 jogos, com 42 tentos anotados, média de 3,23 gols por partida.

Os presentes na cerimônia desta semana lamentaram a competição não ter sido concluída dentro de campo, porém, reconheceram ter sido a melhor alternativa.

Buko acrescentou que, além do futebol, todas as outras modalidades esportivas foram diretamente afetadas pela pandemia. “Fomos um dos primeiros a parar e um dos últimos a poder voltar”, reforçou.

Sinisgalli admitiu que também gostaria que os jogadores do Santa Cruz e do Clube de Campo pudessem disputar o título dentro das “quatro linhas”, porém, destacou que os organizadores pensaram na vida dos atletas e dos respectivos familiares.

“Como a prefeita Maria José falava: é melhor que eles reclamem por não poder jogar bola do que, em breve, eles venham reclamar que não tem leitos de UTI (unidade de terapia intensiva) para colocar os pacientes com Covid-19”, declarou o titular da pasta.

O secretário municipal ainda expôs ter gostado da experiência de reunir os integrantes das equipes em um evento no teatro do Centro Cultural. Ele antecipou ter a intenção de promover uma premiação anual aos atletas do município, inclusive, de outras modalidades, a partir de 2022.

Nova edição

Ainda durante a cerimônia, Sinisgalli anunciou que, novamente em conjunto com Cesário Tatu, a prefeitura promoverá a 15ª edição do “Zé Leiteiro”, em 2022. “Acabamos de receber confirmação do prefeito Miguel Lopes Cardoso Júnior”, acrescentou.

De acordo com o secretário, o certame de futebol máster deve ser realizado no campo do Az de Ouro, a partir do segundo domingo de janeiro do próximo ano. As agremiações poderão realizar as inscrições, junto ao DME em dezembro deste ano.