Sabesp diz que pode ter outras paralizações na água em Tatuí

Manutenção deixou a cidade sem abastecimento por 12h

Funcionários realizando os últimos trabalhos na sede da estação (foto: Erick Araujo)
Da reportagem

Por conta de uma manutenção preventiva na estrutura da Estação de Tratamento de Água (ETA), a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), suspendeu temporariamente o fornecimento de água em Tatuí na terça-feira, 3, serviço que também impactou o abastecimento na quarta-feira, 4.

Em comunicado, a companhia informou a população sobre a realização do serviço, que envolvia paralisação na produção e no abastecimento de água na cidade, além do pedido para que todos os habitantes fizessem “uso consciente de água” no dia e horário previsto.

Gerente da Sabesp Tatuí, Adriano José Branco (foto: Erick Araujo)

O serviço, já programado pela companhia, aprimorou a estrutura da empresa, com a substituição, por exemplo, algumas das tubulações. O objetivo, segundo o gerente da Sabesp Tatuí, Adriano José Branco, é evitar um possível dano estrutural no futuro, além de manter as condições adequadas da estação.

A manutenção ocorreu dentro do prazo de 12h, estipulado pela companhia de água. O processo foi realizado, sem nenhum imprevisto, das 18h de terça-feira às 6h de quarta-feira, quando o sistema retomou a normalidade.

Sendo assim, a cidade voltou a ser reabastecida na manhã de quarta-feira, fazendo com que bairros e localidades mais distantes do centro só voltassem a ser receber água novamente no final da tarde.

Para casos como esse, a Sabesp tem duas carretas à disposição. Na quarta-feira, os veículos foram utilizados para abastecer a Santa Casa de Misericórdia de Tatuí e algumas escolas localizadas em pontos mais afastados. As carretas transportam, cada uma, aproximadamente 30 mil litros de água.


Sede da Sabesp, ainda com resquícios da obra (foto: Erick Araujo)

A companhia também demonstra preocupação com os rios Sarapuí e Tatuí, que abastecem o município. O motivo é que as dificuldades com a estiagem, geralmente previstas para junho, já começaram neste ano devido à falta de chuvas na região. Contudo, a Sabesp afirma que o problema não tem relação com o serviço realizado.

A empresa ainda declarou que vem acompanhando, rotineiramente, a situação das instalações e que, manutenções como a ocorrida nesta semana, que geram paralizações na produção e abastecimentos de água, são programadas de acordo com a necessidade, podendo voltarem a acontecer em futuro próximo se a empresa notar algum outro problema estrutural em suas instalações.

A Sabesp também informa que, em casos de emergência, a central de atendimento ao cliente funciona 24 horas por dia, através do número 0800-055-0195. A ligação é gratuita. Se preferirem, os clientes da companhia também podem acessar a agência virtual através do site www.sabesp.com.br.

DEIXE UMA RESPOSTA

entre com sua mensagem
entre com seu nome