Rodinei se despede do Flamengo e defenderá o Internacional em 2020

381
Rodinei participou de 154 partidas oficiais e conquistou cinco títulos pelo Flamengo (foto: reprodução/Instagram perfil pessoal)
Da redação

Rodinei Marcelo de Almeida está de mudança do Rio de Janeiro para o Rio Grande do Sul. O jogador tatuiano deixa o Flamengo após um ano profissional espetacular e passa a defender o Internacional em 2020.

O lateral direito atuará no clube gaúcho por empréstimo no período de um ano e com uma cláusula de compra fixada em € 4 milhões – algo em torno de R$ 18 milhões. O “Colorado” arcará com os vencimentos mensais do atleta.

No dia 18 de dezembro, teve início especulação de que Rodinei atuaria em Porto Alegre em 2020. Contudo, somente na noite de segunda-feira, 30 de dezembro, por meio de redes sociais, o Internacional anunciou a contratação.

O tatuiano disputará a titularidade da lateral direita do Internacional com os jogadores Bruno, Heitor e Zeca. Além de Rodinei, a equipe gaúcha chegou a demonstrar interesse no lateral Marcinho, do Botafogo, mas a negociação não avançou.

Em 2019, Rodinei atuou, ao todo, em 27 partidas do Flamengo. No primeiro semestre, ele se revezava como titular com o lateral Pará. No segundo semestre, Rafinha chegou ao rubro-negro, vindo do Bayern de Munique, da Alemanha, e assumiu a titularidade absoluta da posição.

O tatuiano foi contratado pelo Flamengo no final de 2015 e participou de 154 jogos oficiais. Apesar do empréstimo ao Internacional, Rodinei possui contrato com o time carioca até dezembro de 2022.

Segundo portais esportivos, para repor a saída do lateral direito, o Flamengo analisa os jogadores Orejuela, que defendeu o Cruzeiro neste ano, mas pertence ao Ajax, e Guga, do Atlético Mineiro.

Antes de chegar ao Flamengo, Rodinei atuou profissionalmente na Ponte Preta, no Penapolense e no Corinthians. Fora do estado de São Paulo, ainda defendeu o Avaí e o Marcílio Dias, ambos de Santa Catarina, e o Crac, de Goiás.

A primeira conquista de Rodinei foi a de campeão catarinense pelo Avaí, em 2012. Os outros cinco “canecos” dele foram levantados durante o período que defendeu o Flamengo. Em 2017, o tatuiano foi o autor do gol do título carioca diante do rival Fluminense.

Somente em 2019, Rodinei foi campeão da Flórida Cup, do Campeonato Carioca, do Campeonato Brasileiro da Série A e da Copa Libertadores da América, além de ter alcançado o vice-campeonato no Mundial de Clubes.