Projeto da escola ‘Eugênio Santos’ incentiva alunos a ler e escrever

Ação resulta em livro lançado com dia de autógrafos em biblioteca

13
Aluno da “Eugênio Santos” em sessão de autógrafos na “Brigadeiro Jordão” (foto: AI Prefeitura)
Publicidade
Da reportagem

Estudantes do 4º ano B e do 2º ano D da Escola Municipal de Ensino Fundamental “Eugênio Santos” tiveram a oportunidade de lançar o primeiro livro, no final deste semestre, por meio de um projeto de incentivo à leitura,mantido pela instituição.

As duas turmas são coordenadas pela professora Fabiana Aparecida Paes de Almeida Moraes, que teve a ideia de criar um livro “de palavras” ao ler, durante uma roda de leitura, a obra “100 Palavras -Um Dicionário Infantil”, de Vicente Luís Borges.

A professora conta que a ideia de criar a releitura surgiu em uma conversa com os alunos, a partir da dúvida das crianças quanto à capacidade delas para escrever um livro.Então, ela propôs que cada um deles escrevesse uma definição sobre algumas palavras, por meio de textos e desenhos.

Conforme Fabiana, inicialmente, o projeto tinha o intuito de criar nos alunos o hábito da leitura, entretanto, as produções dos estudantes foram tomando forma e a surgiu a ideia de juntá-las em livros com compilados dos trabalhos dos alunos.

“A cada letra, a cada desenho, a imaginação das crianças ia fluindo, como em um passe de mágica”, diz Fabiana.

Publicidade

Para o nome do livro, a professora realizou uma votação com os alunos. “Acabou com um empate e cada um decidiu pelo nome que mais gostou: ‘Nosso Alfabeto’ e ‘Dicionário Infantil Ilustrado’”, conta a professora.

Para o lançamento das obras, os estudantes planejaram um “dia de autógrafos”, para receber os professores e familiares, na Biblioteca Municipal “Brigadeiro Jordão”, equipamento da prefeitura.

A primeira sessão de autógrafos ocorreu na manhã de segunda-feira, 29 de novembro, com os alunos do 4º ano. Já nesta quinta-feira, 2, às 13h30, o espaço recebe a segunda sessão, com os alunos do 2º ano.

A secretária da Educação, Elisângela da Costa Rosa Cecílio, participou do evento na segunda-feira e a O Progresso de Tatuí destacou ter ficado emocionada em ver os estudantes lançando o primeiro livro.

“Foi uma cerimônia muito bonita. Cada aluno assinou o livro dele para dar para a família e terá a obra como lembrança para o resto da vida, além da lembrança de um dia especial, como um escritor lançando um livro em uma biblioteca municipal”, apontou a secretária.

A diretora da Emef “Eugênio Santos”, Andréia Aparecida Soares, por sua vez, ressaltou que este tipo de trabalho com os alunos é uma forma de incentivo à leitura, mantida pela unidade escolar.

“Eu prezo pela aprendizagem significativa. Os alunos sentem quando é significativo e jamais esquecem”, afirma a diretora, indicando que o projeto também recebeu apoio do coordenador pedagógico da escola, Renato de Jesus Cavalheiro.

Os interessados em participar do dia de autógrafos devem entrar em contato com a Biblioteca, que está situada na rua Santa Cruz, 405, centro, até quarta-feira, 1º, das 8h às 16h30.

Mais informações também podem ser obtidas pelo e-mail biblioteca@tatui.sp.gov.br ou pelo telefone (15) 3259-5647.

Publicidade