Programa cria 18 pontos de entrega voluntária de óleo usado em Tatuí

Parceria entre a prefeitura e a Sabesp lança o projeto “Tatuí – Óleo Zero”

0
Lançamento do programa “Óleo Zero” na Sabesp (foto: AI Prefeitura)
Publicidade
Da redação

A prefeitura, por meio da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, em parceria com a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo), está desenvolvendo o programa “Tatuí – Óleo Zero”.

De acordo com a assessoria de comunicação da prefeitura, a ação visa coibir o despejo irregular de óleo usado em redes e galerias de água pluvial nos bairros do município, lembrando que “óleo prejudica todo o sistema de tratamento de efluentes da Sabesp, comprometendo a qualidade da água em córregos, rios e lagos”.

O lançamento do projeto ocorreu na sexta-feira, 27 de agosto, na sede da Sabesp, criando 18 “pev’s” (pontos de entrega voluntária) do óleo de cozinha usado, distribuídos por toda a área urbana de Tatuí.

Participaram do ato o secretário da Agricultura e Meio Ambiente, José Hélio de Oliveira Júnior; o diretor do Meio Ambiente, José Maurício Del Fiol Neto; o coordenador de meio ambiente Danilo Floriano; o gerente de divisão da Sabesp Tatuí, Adriano Branco; o gerente do setor técnico da Sabesp Tatuí, Nilzo Renê Fumes; a coordenadora da Cooperativa de Reciclagem de Tatuí (Cooreta), Vanessa Meira de Souza; e a tesoureira Cooreta, Célia da Rosa.

Para evitar o despejo irregular do óleo usado, sete pontos já estão funcionando, distribuídos entre: Departamento de Meio Ambiente, à rua Chiquinha Rodrigues, 909, vila Dr. Laurindo; Departamento de Agricultura, à rua 13 de Maio, 1.084, centro; e Faesb (Faculdade de Ensino Superior Santa Bárbara), à rua 11 de Agosto, 2.900, Valinho.

Publicidade

Outros pontos estão na Sabesp, à rua 15 de Novembro, 2.431, Loteamento Modena; ecoponto Oeste, à rua Diomar Gianotti, Inocoop; ecoponto Sul, à rua Victória dos Santos Gomes, Jardim Rosa Garcia II; e ecoponto Norte, à rua Flávia de Oliveira, Jardins de Tatuí.

Conforme a prefeitura, outros 11 pontos de entrega serão disponibilizados a partir da próxima semana, sendo que todos os resíduos desses locais serão recolhidos, semanalmente, pela Cooperativa de Reciclagem, que fará a destinação ambientalmente adequada.

O programa “Tatuí – Óleo Zero” também contempla ações de conscientização ambiental, que serão promovidas pelo Núcleo de Educação Ambiental da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente.

Entre essas, estão agendadas palestras sobre a importância da coleta e destinação correta do óleo usado e visitas nas ETEs (estação de tratamento de efluentes) da Sabesp, com os alunos da rede municipal de educação.

Ainda segundo a prefeitura, as equipes de fiscalização ambiental realizarão ações em locais suspeitos de lançarem óleo nas redes de esgoto e galerias de água pluvial, como oficinas mecânicas e lava-autos.

“Se o descarte irregular for confirmado, os empreendimentos serão notificados por crime ambiental, passando a responder administrativamente pela infração, além de terem que promover as adequações necessárias no estabelecimento para a paralisação do descarte”, informa a prefeitura.

O órgão municipal ressalta que a equipe técnica do Departamento de Meio Ambiente prestará toda orientação necessária para a população e para os empreendedores sobre o funcionamento do programa “Tatuí – Óleo Zero”.

Mais informações podem ser obtidas através do endereço eletrônico: meioambiente@tatui.sp.gov.br.

Publicidade